Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Banco Mundial anuncia ajuda emergencial ao Rio Grande do Sul

    Enchentes que atingiram o estado deixaram pelo menos 126 mortos

    Imagem de drone mostra o bairro inundado de Mathias Velho, em Canoas, Rio Grande do Sul
    Imagem de drone mostra o bairro inundado de Mathias Velho, em Canoas, Rio Grande do Sul 09/05/2024REUTERS/Diego Vara

    Da CNN

    O Banco Mundial anunciou nesta sexta-feira (11) que disponibilizou US$ 125 milhões, equivalente a mais de R$ 600 milhões em recursos emergenciais para o Rio Grande Sul. As enchentes que atingiram o estado deixaram pelo menos 126 mortos.

    Segundo o comunicado publicado pelo Banco Mundial, os recursos foram realocados de projetos já em andamento, como o “Programa de Resiliência Urbana no Sul do Brasil”, “Programa de Revitalização da Área Central de Porto Alegre”, e “Programa de Apoio ao Novo Bolsa Família”.

    A instituição também informou que tem equipes prestando assistência técnica em avaliação de danos e execução de fundos. O Banco Mundial disse ainda que se disponibilizou a ajudar as autoridades a nível federal, estatal e municipal a priorizar as necessidades mais urgentes e na coordenação com outros parceiros.

    A disponibilização de novos recursos para a reconstrução do estado também está sendo discutidos com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

    “O Banco Mundial se solidariza com a população do estado do Rio Grande do Sul, tão afetada pelo recente desastre,” disse Sophie Naudeau, Diretora Interina e Gerente de Operações do Banco Mundial para o Brasil.

    “Temos larga experiência em administração de situações de crise e reconstrução ligadas a desastres naturais em vários países no mundo e estamos aportando esse conhecimento para rápida recuperação do estado. Também estamos prontos para trabalhar em conjunto com as autoridades competentes para prevenir que futuros desastres como esse acarretem tantos danos pessoais e materiais”, completou Naudeau.