Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasileiro morre após ser atingido por viatura de polícia em Londres

    Corpo ainda não foi liberado para translado; jovem havia se mudado para a capital britânica em agosto

    Brasileiro morre após ser atingido por viatura de polícia em Londres
    Brasileiro morre após ser atingido por viatura de polícia em Londres Wanderson Alves/ arquivo pessoal

    Catarina Nestlehnerda CNN*

    em São Paulo

    Um brasileiro de 26 anos morreu após ser atingido por uma viatura policial, na última quinta-feira (12), em Londres. Cristopher Guedes estava pilotando uma moto e fazia uma conversão quando foi surpreendido pelo carro de polícia que vinha na contramão.

    Segundo Wanderson Alves, amigo de Christopher que estava no local, o jovem foi atingido pouco depois do semáforo abrir. O veículo trafegava em alta velocidade e atravessou o sinal vermelho quando o atingiu.

    Em contato com a CNN, Thaisa Guedes, irmã da vítima, contou que os policiais prestaram socorro e a ambulância levou em torno de 40 minutos para chegar.

    Christopher foi levado para um hospital que ficava a quase uma hora de distância do local da colisão, mas não resistiu aos ferimentos.

    O jovem se mudou para Londres em agosto deste ano e estudava lá há mais de um mês. Ele estava morando na cidade com a esposa e tinha contato com outros conhecidos que eram amigos de infância, além de sua cunhada.

    Na última sexta-feira (13), ocorreu uma motociata para pedir um posicionamento tanto do governo brasileiro quanto do governo britânico, disse Thaisa. Até o momento da manifestação, nem o governo e nem a polícia se pronunciaram sobre o assunto.

    O consulado brasileiro em Londres entrou em contato com os amigos da vítima no sábado (14), contou Wanderson. “A gente nem sabia para onde o corpo dele havia sido levado após a morte dele. Estão deixando a gente totalmente às cegas. Totalmente indefesos, sem saber o que recorrer”, declarou.

    Segundo o amigo, a única informação confirmada até o momento é que a ocorrência será apurada pelo Independent Office for Police Conduct (IOCP), órgão que investiga acidentes envolvendo a polícia.

    Familiares e amigos ainda não tiveram acesso aos pertences de Cristopher, tais como documentos e celular. A irmã da vítima criou uma “Vakinha” online para arrecadar fundos para o translado do corpo. É possível contribuir neste link.

    O Consulado-Geral do Brasil em Londres informou que recebeu a notícia do falecimento do cidadão brasileiro e que tem mantido contato com os seus familiares e com as autoridades locais para prestar a assistência necessária.

    A CNN entrou em contato com a polícia local, mas até o momento não obteve retorno.

    *Com supervisão de Naira Zitei