Brasileiros no Reino Unido criam grupo e tentam voltar ao Brasil pelo Catar

Advogado conta que eles não receberam ajuda do governo brasileiro para retornar ao país depois que voos foram restritos por conta da mutação do coronavírus

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Brasileiros que vivem no Reino Unido e estavam com passagem marcada para o Brasil estão se desdobrando para conseguir retornar. Desde o dia 25 de dezembro o governo proibiu temporariamente o desembarque em solo brasileiro de voos com origem ou passagem pelo Reino Unido, afetando quem vem da Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales.

As restrições temporárias seguem recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) após a descoberta de uma variante do novo coronavírus – o vírus que provoca a Covid-19 – que circula no Reino Unido e foi considerada “mais contagiosa”.

Leia também
Reino Unido detecta outra variante ainda mais transmissível do coronavírus
Brasil proíbe voos do Reino Unido e restringe entrada por fronteiras terrestres
Saiba quais são os direitos de quem tem passagem comprada para o Reino Unido

O advogado Ricardo Fernandes, que vive no Reino Unido, contou à CNN nesta quarta-feira (6) que brasileiros criaram um grupo com mais de 400 pessoas batizado de “Queremos nossa casa”, pelo qual buscam soluções e estão em contato com a embaixada brasileira.

“Infelizmente não recebemos ajuda nenhuma. O governo tergiversou para os brasileiros que estão fora do Brasil e as iniciativas são próprias das pessoas. A grande maioria comprou passagens de companhias aéreas que possam fazer conexão e estão retornando por iniciativa própria, sem o auxílio do governo brasileiro e da empresa aérea que não dá essa possibilidade”, explica.

Ele conta que muitos tentam fazer conexão no Catar, que aceita voos do Reino Unido, para retornar, alternativa oferecida por uma companhia aérea, sem custo adicional. “Os países da Europa estão restringindo ao máximo”, explica.

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN