Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Buscas por presidente do Irã passam de 12 horas; clima dificulta operação

    Helicóptero que transportava Ebrahim Raisi fez um pouso forçado no norte do país; não há informações sobre a gravidade do caso

    Imagens do presidente do Irã antes do acidente
    Imagens do presidente do Irã antes do acidente TV Estatal do Irã

    Elizabeth Matravolgyida CNN

    As buscas pelo presidente do Irã, Ebrahim Raisi, já passam de 12 horas desde que o helicóptero em que estava fez um pouso forçado e caiu em uma região montanhosa no norte iraniano, neste domingo (19).

    Autoridades do país informaram por meio da mídia estatal que receberam sinais de telefone e do próprio helicóptero que indicam a localização exata dos passageiros.

    Mas, o frio extremo e a neblina dificultam muito a operação de resgate.

    Cruz Vermelha do Irã auxilia esforços de resgate após queda de helicóptero que transporta Raisi / Cruz Vermelha do Irã

    Os socorristas enfrentam fortes ventos e temperaturas em torno dos 10 °C. Porém, é difícil obter dados precisos da região de montanhas onde o caso ocorreu. Segundo meteorologistas da CNN, as temperaturas podem estar negativas.

    Mais de 20 equipes, incluindo a Cruz Vermelha do Irã e Azerbaijão, o exército iraniano, montanhistas e drones fazem buscas na área.

    A Turquia disse que iria enviar helicópteros que possuem visão notura para auxiliar na operação durante a madrugada. A Rússia forneceu mais de 50 socorristas e um avião para ajudar as equipes no local.

    O Irã também disse que conseguiu contato com duas pessoas que estavam a bordo da mesma aeronave que o presidente horas depois da queda.

    Três helicópteros estavam voando na mesma rota antes de dois perderem contato com o helicóptero de Raisi.

    Mesmo com a comunicação, ainda não se sabe a real gravidade do incidente e nem o estado de saúde dos passageiros.

    Veja momentos antes de incidente:

    O ministro das Relações Exteriores do país Hossein Amir-Abdollahian também estava a bordo da aeronave.

    Ambos participaram de uma agenda oficial com o presidente do Azerbaijão, na manhã deste domingo (19). Horas antes da queda, Raisi inaugurou um projeto de barragem e sobrevoou a área próxima à fronteira com o Azerbaijão.

    Após a queda, a TV estatal do país pediu aos iranianos que rezem por Raisi. O líder supremo, aiatolá Ali Khamenei, tentou tranquilizar a população após e disse que estava orando pela segurança dos passageiros.

    Quem é Ebrahim Raisi?

    Nascido em 1960, o presidente iraniano Ebrahim Raisi começou sua carreira como promotor no início da década de 1980 e passou de procurador-geral de Teerã em 1994 para chefe de justiça do país em 2019.

    Presidente iraniano, Ebrahim Raisi / 18/10/2023 Majid Asgaripour/WANA (West Asia News Agency) via REUTERS

    Raisi assumiu o cargo de presidente em 19 de junho de 2021, depois de vencer uma eleição presidencial historicamente não competitiva.

    Muitos iranianos se recusaram a participar de uma eleição amplamente vista como manipulada. A participação geral dos eleitores foi de apenas 48,8% – a menor desde o estabelecimento da República Islâmica do Irã em 1979.

    O Departamento do Tesouro dos EUA sancionou Raisi em novembro de 2019, citando sua participação na “comissão da morte” de 1988 como promotor, e um relatório das Nações Unidas indicando que o judiciário do Irã aprovou a execução de pelo menos nove crianças entre 2018 e 2019.

    *Com informações da CNN Internacional e Reuters