Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Candidato local é morto a tiros horas antes de votação nas eleições do México

    País tem campanha mais violenta do mundo com 38 políticos assassinados

    Candidato mexicano é morto a tiros horas antes de votação
    Candidato mexicano é morto a tiros horas antes de votação Reprodução/ IM NOTICIAS VIA REUTERS

    Da Reuters Cuitzeo, México

    Um candidato foi morto a tiros no oeste do México na noite de sábado (1° de junho), horas antes do início das eleições gerais do país.

    Israel Delgado Vega, 35 anos, um candidato local da cidade de Cuitzeo, no estado de Michoacán, oeste do México, estava do lado de fora de casa quando foi surpreendido por duas pessoas em uma moto, que fizeram disparos contra ele, de acordo com a polícia.

    Esta eleição do México se tornou a mais sangrenta da história moderna do país. Ao todo, 38 candidatos foram assassinados antes da votação deste domingo (2).

    A violência se tornou um dos principais temas da campanha presidencial deste ano.

    A questão do crime violento emergiu como uma das principais na disputa presidencial deste ano. A candidata favorita, Claudia Sheinbaum, de 61 anos, do partido Morena, o mesmo do presidente Andres Manuel Lopez Obrador, teve que responder duros questionamentos durante a campanha sobre a alta taxa de homicídios do país.

    Já a oposição usou os números para defender uma mudança.