Capitólio: FBI oferece recompensa de R$ 270 mil para achar quem plantou bombas

Autoridades norte-americanas também estão trabalham para identificar as pessoas que invadiram o Congresso dos EUA

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O FBI, a polícia federal norte-americana, está oferecendo uma recompensa de US$ 50 mil (o equivalente a cerca de R$ 270 mil) para quem ajudar a encontrar a pessoa suspeita de deixar duas bombas na região do Congresso dos Estados Unidos, invadido na tarde de quarta-feira (6) por manifestantes favoráveis ao presidente Donald Trump

O suspeito foi flagrado por câmeras de segurança e a Agência divulgou as imagens para auxiliar nas buscas.

As bombas foram encontradas no Comitê Nacional Democrata (DNC) e no Comitê Nacional Republicano (RNC), que ficam a poucos metros do Capitólio.

Autoridades norte-americanas também trabalham para identificar os invasores do Capitólio. A ação resultou em dezenas de feridos e cinco mortes, incluindo a de um policial.

Assista e leia também:

Ex-chefe de gabinete da Casa Branca apoia uso da 25ª Emenda para tirar Trump

Trump questiona assessores se é possível conceder perdão presidencial a si mesmo

FBI oferece recompensa de US$ 50 mil para encontrar suspeito que plantou bombas
FBI oferece recompensa de US$ 50 mil para encontrar suspeito que plantou bombas no Capitólio
Foto: Reprodução

A CNN apurou que muitos dos que estavam presentes e foram reconhecidos perderam ou deixaram seus empregos por causa disso. 

Esses apoiadores de Trump invadiram o Congresso norte-americano a fim de tentar impedir o reconhecimento oficial da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais.

Mesmo após o ataque, os congressistas retomaram a sessão e certificaram a vitória do democrata.

Posse de Biden

Próximo do fim do mandato, o presidente Donald Trump, anunciou em perfis que mantém nas redes sociais que não vai à cerimônia de posse de Joe Biden em 20 de janeiro. 

Já o vice-presidente, Mike Pence, afirmou que estará presente na posse se for convidado.

O anúncio foi feito horas após Trump afirmar que seus apoiadores “não serão desrespeitados ou tratados de maneira injusta”.

Em vídeo divulgado na noite desta quinta-feira (7), o presidente, no entanto, admitiu pela primeira vez que não cumprirá um segundo mandato na Casa Branca.

(Publicado por Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN