Casa na árvore do Ursinho Pooh poderá ser alugada na Inglaterra; veja fotos

Ação do Airbnb visa resgatar memórias de infância com réplica da cabana

Airbnb aposta na "realização dos sonhos de infância" ao construir réplica de casa na árvore do Ursinho Pooh
Airbnb aposta na "realização dos sonhos de infância" ao construir réplica de casa na árvore do Ursinho Pooh Henry Woide/Airbnb

Theresa Waldropda CNN

Ouvir notícia

Se o seu sonho de infância era viver como o Ursinho Pooh, esta é sua chance de torná-lo realidade hospedando-se em uma réplica da histórica casa da árvore do urso.

O ilustrador Kim Raymond projetou o local para duas noites de estadia no “Airbnb do Pooh”, feito sob medida, no local real que inspirou o fictício Bosque dos Cem Acres, na Inglaterra, para comemorar o 95º aniversário da criação de Pooh pelo escritor A. A. Milne.

“O ‘Airbnb do Pooh’ é uma experiência única que traz o charme de Pooh à vida para os fãs, ao mesmo tempo em que homenageia as aventuras originais que foram tão importantes para muitas pessoas por 95 anos”, disse Raymond em um comunicado do Airbnb.

A casa é um cômodo que parece ter sido construído em uma árvore, completo, com a placa do Sr. Sanders acima da porta de entrada e “potes de mel” no armário.

Os hóspedes farão um passeio pela área em Ashdown Forest em East Sussex, na Inglaterra, que foi a inspiração de cenário para o livro. A estadia inclui jogar “gravetos do Pooh” na ponte e “refeições inspiradas em mel”, de acordo com a lista do Airbnb.

Raymond, que ilustrou o Ursinho Pooh por 30 anos, disse que se inspirou nas representações originais dos livros – feitas pelo ilustrador E. H. Shepard – ao projetar a casa e seu interior. A cabana acomoda quatro pessoas, com uma cama de casal e duas camas menores suspensas em cima, de acordo o Airbnb.

As regras da casa permitem “cochilos múltiplos” e encorajam lanches de “umas besteirinhas” às 11 da manhã, o horário famoso de Pooh com seu lanche.

A casa será alugada nos dias 24 e 25 de setembro por R$ 552,00 cada noite. Os comentários do Airbnb serão usados ​​para avaliar os locatários para cada noite, de acordo com a empresa.

Infelizmente, apenas os residentes do Reino Unido poderão fazer a reserva, a partir de 20 de setembro, disse o comunicado do Airbnb.

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

Mais Recentes da CNN