Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Centro de Doutrina do Exército Brasileiro analisa guerra na Ucrânia

    Documento prevê a Rússia tentando acelerar ações na Ucrânia; aposta é que "as negociações devem seguir no curto prazo"

    Douglas Portoda CNN

    em São Paulo

    Uma análise do Centro de Doutrina do Exército Brasileiro prevê que a Rússia irá tentar acelerar e intensificar as ações na Ucrânia. As informações são da analista de política da CNN Renata Agostini.

    Devido às múltiplas frentes empregadas, grande quantidade de equipamentos pesados e a resistência inimiga, principalmente em área urbana, “os russos podem estar atingindo, em breve, seu ponto culminante”, declaram.

    Diariamente estão sendo publicados documentos com diagnósticos sobre a guerra realizados por 50 especialistas. Entre eles, estão militares da ativa, da reserva e oficiais de doutrina no exterior.

    Além de avaliar a capacidade operacional de manobra e arsenal empregado, as investigações trazem outros aspectos, como a “capacidade operativa de comunicação social expondo disputa de narrativas”.

    Segundo o grupo, com o avanço das forças russas, a mídia estatal está passando uma impressão ao mundo que o avanço está acontecendo conforme o esperado. Já pelo lado ucraniano, que a defesa está impondo problemas e atrasando os ataques.

    Ainda dizem que está acontecendo um controle de celulares pela Rússia, que impedem a divulgação de vídeos e demais informações. Ao mesmo tempo, a Ucrânia ao ter acesso a imagens, veicula o mais rápido possível para chamar atenção para chamar a atenção da comunidade internacional.

    Projetando os desdobramentos do conflito, o Exército Brasileiro aposta que “as negociações devem seguir no curto prazo”.

    Veja imagens do conflito entre Rússia e Ucrânia