China ‘fecha’ cidade de 11 milhões de pessoas para conter surto de Covid-19

Mais de 100 novos casos foram registrados nesta quarta-feira (6) em província, vizinha à capital da China, Pequim

Da CNN

Ouvir notícia

 

A China proibiu os 11 milhões de habitantes de Shijiazhuang, no norte do país, de deixarem a cidade.

Mais de 100 novos casos foram registrados nesta quarta-feira (06) na província, vizinha à capital da China, Pequim. 

Em uma coletiva de imprensa, Meng Xianghong, vice-prefeito de Shijiazhuang, anunciou a proibição de viagens para todas as pessoas e veículos na cidade, exceto em emergências.

Leia e assista também

China suspende importações de unidade da Aurora por preocupação com Covid-19

Covid-19: ‘Não há necessidade de pânico’, diz autoridade chinesa sobre mutações

OMS se diz ‘desapontada’ após China barrar entrada de investigadores da Covid-19

O distrito de Gaocheng, em Shijiazhuang, foi declarado área de alto risco. 

Até o meio-dia desta quinta-feira (7), as amostras foram coletadas de um total de 6.109.685 pessoas para testes em massa na cidade.

Shijiazhuang relatou 50 casos confirmados e 67 casos assintomáticos na quarta-feira, de acordo com uma atualização de quinta-feira.

Texto traduzido. Leia o original em inglês.

Mais Recentes da CNN