Chuva torrencial deixa desaparecidos no sul do Japão

A Agência Meteorológica do Japão emitiu seu mais alto grau de alerta para inundações e deslizamentos provocados por chuva 'sem precedentes' na ilha de Kyushu

Inundação na ilha de Kyushu, no sul do Japão
Inundação na ilha de Kyushu, no sul do Japão Foto: Reprodução/ Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo/ Kyodo

Junko Fujita,

da Reuters

Ouvir notícia

Chuvas torrenciais consideradas “sem precedentes” atingem a ilha de Kyushu, no sul do Japão, neste sábado (4). Após o anúncio de 13 desaparecidos, autoridades japonesas atualizaram a informação para 8 pessoas desaparecidas e 3 feridas em meio a inundações.

Além dos alagamentos, há alerta para deslizamentos de terra na região, segundo informou a emissora pública NHK.

Imagens transmitidas pela televisão mostram casas e carros submersos em águas barrentas na prefeitura de Kumamoto, onde a NHK disse que a inundação do rio Kuma destruiu casas e cobriu uma ponte.

A Agência Meteorológica do Japão emitiu seu mais alto grau de alerta para inundações e deslizamentos de terra provocados pela chuva “nunca vista” na região, acrescentou a emissora.

Mais de 100 pedidos de resgate chegaram às autoridades locais, mas eles não puderam responder a todos imediatamente, disse a NHK.

Tópicos

Mais Recentes da CNN