Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com “redirecionamento” das forças russas, bombardeios ocorrem no leste da Ucrânia

    Ataques aconteceram na região do Donbass, reconhecida pela Rússia como independente -- mas que ainda conta com forças ucranianas

    Imagem de danos causados a um prédio residencial após ataques russos em Donetsk, no leste da Ucrânia
    Imagem de danos causados a um prédio residencial após ataques russos em Donetsk, no leste da Ucrânia Leon Klein/Anadolu Agency via Getty Images

    Nathan HodgeJulia Presniakovada CNN

    Ouvir notícia

    Governadores militares ucranianos no leste do país relataram fortes bombardeios nesta quinta-feira (31) em meio a uma aparente mudança dos militares russos para redirecionar os esforços militares em direção a região de Donbass.

    “Nós sentimos claramente que a transferência de tecnologia [militar] em nossa direção está começando agora”, disse Serhiy Haidai, chefe da administração militar da região de Luhansk, em uma declaração feita à imprensa.

    “E, à medida que o equipamento e o pessoal estão sendo entregues, nossos inimigos estão simplesmente atirando de forma mais densa e poderosa. Tudo já está envolvido aqui: aeronaves, artilharia, armas de alto calibre, morteiros — todos os assentamentos estão sendo bombardeados”, disse ele.

    Separadamente, Pavlo Kyrylenko, chefe da administração militar da região de Donetsk, disse no Telegram que as forças russas continuaram durante a noite bombardeando a parte central da região.

    “Em Maryinka, Krasnohorivka e Novomykhailivka, o inimigo novamente usou projéteis de fósforo branco”, disse ele, referindo-se a munições que são proibidas ou circunscritas pela lei internacional em áreas povoadas.

    “Onze civis feridos da comunidade de Maryinka, incluindo quatro crianças, foram levados para o Hospital Municipal de Kurakhiv”, complementou.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN