Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cometa ilumina os céus de Portugal e Espanha; veja vídeo

    Agência Espacial Europeia estimou que o objeto voou sobre os países a uma velocidade de 45 km por segundo antes de queimar sobre o Atlântico na noite de sábado (18)

    Da Reuters

    Lisboa, Portugal

    Um fragmento de cometa iluminou os céus de partes da Espanha e Portugal na noite de sábado (18), segundo a Agência Espacial Europeia (ESA). O fenômeno “parecia um filme”, disse morador de Lisboa.

    Na manhã de domingo (19), a ESA compartilhou no X um vídeo do que descreveu ser um “meteoro impressionante” sobre os céus da cidade de Cáceres, no oeste da Espanha, perto da fronteira portuguesa.

    Mais tarde a agência disse que na verdade o fenômeno se tratava de um “pequeno pedaço de cometa” e não um meteoro, estimando que o objeto voou sobre Espanha e Portugal a uma velocidade de 45 km (28 milhas) por segundo antes de queimar sobre o Atlântico.

    “A probabilidade de serem encontrados meteoritos é muito baixa”, disse a ESA.

    Nos dois países, vídeos filmados em diversas cidades e vilas viralizaram nas redes sociais, mostrando o objeto iluminando a noite em tons brilhantes de azul e verde.

    O observatório astronômico espanhol Calar Alto também fez uma análise preliminar, pelo Instituto de Astrofísica da Andaluzia, e revelou que o objeto tinha uma “origem de cometa”.

    Durante um concerto na cidade portuguesa de Barcelos, o objeto foi filmado cruzando o céu enquanto a cantora se apresentava. Outro vídeo mostrou os céus do Porto, a segunda maior cidade de Portugal, brilhando por alguns segundos.

    Muitos entraram em contato com os serviços de emergência para relatar o ocorrido.

    Um porta-voz do serviço de emergência espanhol 112, em Madrid, disse à agência de notícias Europa Press que recebeu várias chamadas.

    Bernardo Taborda, de 31 anos, morador de Lisboa, disse à Reuters que estava andando pela cidade com amigos quando o céu de repente ficou verde brilhante: “Quase parecia luz do dia… todos nós olhamos para trás e vimos (o fenômeno).”

    “Parecia um filme, todos nos olhamos e ficamos atordoados”, disse Taborda. “Foi fantástico.”

    (Reportagem de Catarina Demony e Ana Cantero)