Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Companhias aéreas suspendem e redirecionam voos para evitar espaço aéreo afegão

    Emirates informou que suspendeu voos de ida e volta para Cabul, capital do Afeganistão; militares dos EUA também anunciaram a suspensão temporária de voos

    Afeganistão: entrada do aeroporto internacional da capital Cabul; neste domingo (15), milhares de afegãos invadiram a pista do local em fuga do país
    Afeganistão: entrada do aeroporto internacional da capital Cabul; neste domingo (15), milhares de afegãos invadiram a pista do local em fuga do país Foto: Sayed Khodaiberdi Sadat / Anadolu Agency via Getty Images

    Aditi Sangal, Brad Lendon, Joshua Berlinger e Kara Fox, CNN

    Ouvir notícia

    Pelo menos três companhias aéreas estão suspendendo voos ou redirecionando-os para evitar o espaço aéreo do Afeganistão depois que o governo do país caiu nas mãos do Talibã neste fim de semana.

    A United Airlines disse em um comunicado que redirecionaria os voos ao redor do Afeganistão e “continuaria a trabalhar em estreita colaboração com a FAA e a IATA para avaliar a situação”. Os voos da companhia aérea sediada nos Estados Unidos para a Índia serão afetados.

    A Emirates informou em seu site que suspendeu os voos de ida e volta para Cabul, capital do Afeganistão, devido à “situação em desenvolvimento” no local.

    Um porta-voz da FlyDubai disse à CNN que que a companhia também suspendeu as operações em Cabul e continua monitorando a situação.

    A CNN entrou em contato com a Virgin Atlantic, British Airways e Qatar Airways sobre seus planos de voo, mas ainda não recebeu nenhuma resposta.

    Um porta-voz da Air India disse à CNN que a companhia aérea está “monitorando a situação de perto” e tentando operar voos regulares de e para o Afeganistão, se a situação permitir.

    Militares dos EUA suspendem voos temporariamente 

    Os militares dos EUA suspenderam temporariamente as operações aéreas no aeroporto de Cabul enquanto as tropas norte-americanas tentam retirar os afegãos da pista de pousos e decolagens disse um oficial de defesa dos EUA à CNN.

    A suspensão deve durar “enquanto nos certificamos de que o campo de aviação está seguro”, disse o oficial. Imagens deste domingo (15) mostram milhares de afegãos na pista principal do aeroporto de Cabul em busca de voos para deixarem o país

    População invade pista de aeroporto em Cabul (15.Ago.2021)
    População invade pista de aeroporto em Cabul para tentar sair do Afeganistão (15.Ago.2021)
    Foto: Reprodução/CNN

    (Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

    Mais Recentes da CNN