Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Coreia do Sul estabelece relações diplomáticas com Cuba, velha aliada da Coreia do Norte

    Ideologia socialista e a hostilidade com os Estados Unidos ajudaram a unir Havana e Pyongyang

    Banderas de Cuba em uma rua comercial no centro de Havana
    Banderas de Cuba em uma rua comercial no centro de Havana 20/07/2022 REUTERS/Alexandre Meneghini

    Ju-min Park

    A Coreia do Sul estabeleceu relações diplomáticas com Cuba, uma das aliadas da Coreia do Norte da época da Guerra Fria, disse o Ministério de Relações Exteriores sul-coreano nesta quarta-feira (14).

    Com seus representantes na ONU trocando cartas em Nova York, os dois países concordaram em abrir relações diplomáticas no nível de embaixadores, afirmou o ministério em um comunicado.

    Cuba continua mantendo relações próximas com a Coreia do Norte, estabelecidas em 1960. A ideologia socialista e a hostilidade com os Estados Unidos que compartilham ajudaram a unir os dois países. Cuba tem uma embaixada em Pyongyang.

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, chamou o falecido líder cubano Fidel Castro de um “camarada de armas”, segundo a imprensa estatal norte-coreana. A Coreia do Norte respeitou três dias de luto oficial em 2016 quando Castro morreu aos 90 anos.

    Os novos laços diplomáticos entre Seul e Havana marcam uma “virada importante” para a Coreia do Sul em suas tentativas de fortalecer sua diplomacia na América Latina, afirmou o Ministério das Relações Exteriores em seu comunicado.