Covid: Casos no Japão chegam a 1 mi; infecções se espalham para além de Tóquio

Primeiro-ministro reiterou que não acredita que realizar os Jogos Olímpicos tenha contribuído para um aumento das infecções

Pessoas usando máscaras de proteção caminham em Tóquio
Pessoas usando máscaras de proteção caminham em Tóquio Foto: Reuters/Kim Kyung-Hoon

Hideyuki Sano, Makiko Yamazaki e Takashi Umekawa, da Reuters, em Tóquio

Ouvir notícia

O Japão atingiu a marca de 1 milhão de casos de coronavírus nesta sexta-feira (6), noticiou a mídia local. As infecções dispararam na sede olímpica de Tóquio e em outras áreas urbanas enquanto o país passa dificuldades para conter a variante Delta.

Os casos novos de Tóquio chegaram a 4.515, só ficando atrás do recorde de 5.042 de quinta-feira, e o município vizinho populoso de Kanagawa viu seus casos passarem de 2 mil, quadruplicando em menos de duas semanas.

As infecções em Osaka, a maior cidade do oeste do país, também bateram um recorde ao chegar a 1.310, um sinal de que o vírus está se alastrando rapidamente fora de Tóquio.

O número total de casos desde que a pandemia começou no ano passado está agora acima de 1 milhão, manchando o sucesso inicial do país na contenção da doença.

Embora o contágio pareça estar se espalhando velozmente da capital para outras regiões, o primeiro-ministro Yoshihide Suga adotou um tom cauteloso a respeito da ampliação de um estado de emergência para todo o Japão.

“Precisamos levar em conta as condições locais. Cada região pode adotar sua própria medida”, disse Suga aos repórteres em Hiroshima, onde participou de uma cerimônia que lembrou o 76º aniversário do ataque com bomba atômica dos Estados Unidos contra a cidade durante a Segunda Guerra Mundial.

Mas a piora da crise de saúde provavelmente pressionará o premiê antes de uma eleição que deve ser realizada em outubro.

Ele reiterou que não acredita que realizar os Jogos Olímpicos contribua para um aumento das infecções.

Mais Recentes da CNN