De saída do cargo, Angela Merkel diz, pela primeira vez, que é feminista

Declaração foi bastante aplaudida, já que no passado, a chanceler evitou responder diretamente a esta pergunta

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A chanceler da Alemanha Angela Merkel se declarou feminista pela primeira vez nesta quinta-feira (9). A líder alemã ocupa uma das principais posições de destaque na geopolítica global há 16 anos.

Merkel disse que o princípio do feminismo consiste em dizer que homens e mulheres são iguais na participação na sociedade, e que nesse sentido agora pode dizer que é feminista.

A declaração foi bastante aplaudida, já que, no passado, a chanceler evitou responder diretamente a esta pergunta.

Merkel explicou que era mais tímida na época, mas disse que refletiu sobre o assunto e acrescentou: todos devemos ser feministas.

A chanceler está se despedindo do cargo, após 16 anos como chefe do governo alemão. O país vai às urnas no dia 26 de setembro.

Mais Recentes da CNN