Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Defesa dos EUA: Rússia adiciona aeronaves e estoca suprimentos de sangue em fronteira

    Secretário Lloyd Austin diz que há preocupação de que país possa criar um pretexto para uma invasão à Ucrânia

    Ellie Kaufmanda CNN

    EUA

    O secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, disse que o governo dos Estados Unidos não está vendo nenhum tipo de retirada das tropas russas da fronteira com a Ucrânia. Em vez disso, os EUA continuam vendo a Rússia aumentar suas capacidades e tropas “mesmo nos últimos dois dias”, disse Austin durante uma entrevista coletiva na sede da Otan em Bruxelas nesta quinta-feira (17).

    Austin disse que os EUA estão vendo a Rússia “voar em mais aeronaves de combate e apoio”, além de “aprimorar sua prontidão no Mar Negro” e até “abastecer seus suprimentos de sangue”.

    Ele também disse que o país vê algumas das tropas da Rússia “mais perto dessa fronteira” com a Ucrânia nos últimos dias.

    “Eu mesmo fui um soldado não muito tempo atrás, e sei em primeira mão que você não faz esse tipo de coisa sem motivo, e você certamente não as faz se estiver se preparando para fazer as malas e ir para casa. então nós e nossos aliados permaneceremos vigilantes”, disse Austin.

    O secretário americano disse que, enquanto os EUA ainda estão “reunindo os detalhes” sobre o bombardeio na região de Donbass, na Ucrânia, existe a preocupação de que isso possa ter sido feito pela Rússia para criar um pretexto para uma invasão.

    “Dissemos há algum tempo que os russos podem fazer algo assim para justificar um conflito militar”, disse Austin. “Então, estaremos observando isso muito de perto.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original