Democratas oficializam nomeação de Joe Biden como candidato a presidente dos EUA

Ex-vice-presidente enfrentará Donald Trump em novembro

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O Partido Democrata aprovou oficialmente nesta terça-feira (18) a candidatura de Joe Biden a presidente dos Estados Unidos.

Em seu segundo dia de convenção nacional, a legenda seguiu o rito legal e colheu os votos dos delegados dos 50 estados americanos. Caso Biden ainda tivesse adversários na disputa, este seria o momento de apurar o escolhido.

Biden precisava de 2.374 delegados e obteve mais de 3.500. Apesar de já ter desistido, o senador Bernie Sanders também obteve delegados, pois optou por manter seu nome na cédula com o objetivo de influenciar a plataforma do partido para a eleição.

Após o anúncio do resultado pelo deputado Bennie Thompson, responsável pela apuração, Joe Biden fez breve discurso aceitando a escolha e convidando para o seu discurso, que encerra a convenção democrata na quinta-feira (20). 

“Muito obrigado, do fundo do meu coração. Obrigado a todos. Significa o mundo para mim e para a minha família. Eu vejo todos vocês na quinta-feira”, disse, falando ao lado da esposa, a médica Jill Biden, uma das oradoras mais esperadas deste segundo dia de convenção.

Aos 77 anos, no entanto, o ex-vice-presidente da gestão Barack Obama (2009-2017) chegou à reta final do processo eleitoral como o único pré-candidato restante, dos mais de 20 nomes democratas que se inscreveram no início da disputa e foram gradualmente desistindo.

Assista e leia também:

‘Uma liderança de caos e sem empatia’, diz Michelle Obama sobre Trump

Eleições nos EUA: melhores e piores momentos da 1ª noite da Convenção Democrata

Uma das ex-adversárias, inclusive, será companheira de chapa de Joe Biden. É a senadora pela Califórnia Kamala Harris, que desistiu de ser candidata a presidente em dezembro de 2019 e na semana passada foi anunciada por Biden como a escolhida para ser a sua postulante a vice.

A chapa Biden-Harris enfrenta no pleito de novembro o atual presidente, Donald Trump, que deve confirmar a disputa pela reeleição pelo Partido Republicano mantendo a atual chapa com o vice-presidente Mike Pence.

Mais Recentes da CNN