Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Deslocamento de palestinos para fora de Gaza não é a política de Israel, diz presidente

    Isaac Herzog foi questionado a respeito de comentários feitos por membros do gabinete israelense, que pareciam sugerir a ideia de mover forçadamente a população de Gaza

    Palestinos inspecionam casas, destruídas em ataques israelenses durante o conflito, em Khan Younis
    Palestinos inspecionam casas, destruídas em ataques israelenses durante o conflito, em Khan Younis 27/11/2023REUTERS/Mohammed Salem

    Catherine NichollsRadina Gigovada CNN

    O reassentamento de palestinos fora de Gaza não é “total, oficial e inequivocamente” a posição de Israel, disse o presidente do país, Isaac Herzog, neste domingo (7).

    Falando a Kristen Walker, da NBC, Herzog foi questionado se os comentários recentes feitos por alguns membros do gabinete israelense, que pareciam sugerir um deslocamento forçado de palestinos para fora de Gaza, refletiam a posição oficial do governo israelense.

    Herzog disse que esta “absolutamente não” é a posição do “governo israelense, do parlamento israelense ou do público israelense”, mas acrescentou: “Numa sociedade onde a liberdade de expressão é a base do nosso DNA nacional, as pessoas podem dizer o que quiserem.”

    O presidente israelense disse que os seus colegas “estavam falando sobre a saída intencional da Faixa de Gaza, mas estou dizendo abertamente, oficial e inequivocamente que esta não é a posição israelense”.

    Herzog também falou da determinação de Israel “em minar a capacidade do Hamas de operar o terror em todo o mundo e, claro, em Israel”.

    Ele disse que seu país estava “totalmente grato” ao presidente dos EUA, Joe Biden, por sua “posição firme” no apoio a Israel, e que a próxima visita do secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a Israel é “outra expressão do enorme impacto e importância que os Estados Unidos lugares quanto à direção e à saída deste conflito.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original