Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Drink de insetos: a nova moda dos restaurantes em Tóquio

    Café Take-Noko vem se especializando na culinária de insetos para os que se interessaram por entomofagia

    Drink de insetos: a nova moda dos restaurantes em Tóquio
    Drink de insetos: a nova moda dos restaurantes em Tóquio Kim Kyung-Hoon/Reuters

    Reuters

    Em férias recentes em Tóquio, Takumi Yamamoto optou por um almoço especial de curry e sashimi, regado com cidra de inseto d’água.

    O trabalhador de 26 anos, da prefeitura ocidental de Hyogo, é um dos muitos consumidores em todo o mundo que se interessaram por entomofagia, ou seja, o ato de comer insetos.

    Quando criança, Yamamoto disse que às vezes comia gafanhotos regados com molho de soja. Em Tóquio, ele se deliciou com a culinária de insetos no café Take-Noko.

    “É divertido escolher entre uma variedade maior de pratos”, disse Yamamoto no aconchegante café do segundo andar, cercado por arte de insetos e terrários de besouros, formigas e baratas. “Tudo estava gostoso. Em particular, a sidra de inseto d’água era bastante refrescante e deliciosa, como uma maçã verde”.

    A entomofagia começou a ser levada a sério globalmente depois que as Nações Unidas consideraram os insetos uma fonte sustentável de proteína para alimentar uma população global estimada em 9,7 bilhões até 2050.

    O impacto da indústria pecuária nas mudanças climáticas, juntamente com os problemas de segurança alimentar global devido ao clima extremo e aos conflitos, também aumentaram o interesse pela nutrição econômica e de alta qualidade fornecida pelos insetos.

    Enquanto alguns consumidores acham que comer insetos é nojento, o Japão tem uma rica história culinária de insetos como alimento.

    Gafanhotos, bichos-da-seda e vespas eram tradicionalmente consumidos em regiões sem litoral, onde a carne e o peixe são escassos, uma prática que aumentou em meio à escassez de alimentos durante e após a Segunda Guerra Mundial, disse a gerente da Take-Noko, Michiko Miura.

    “Recentemente, houve avanços na criação de coisas como grilos e larvas de farinha para alimentação, então a possibilidade de usar insetos como ingredientes está realmente crescendo”, acrescentou ela.

    Drink de insetos: a nova moda dos restaurantes em Tóquio
    Drink de insetos: a nova moda dos restaurantes em Tóquio / Kim Kyung-Hoon/Reuters

    Várias empresas, incluindo a marca de panificação Pasco, venderam bolos e lanches feitos com farinha de grilo, e a fabricante de alimentos processados ​​Nichirei e a empresa de telecomunicações Nippon Telegraph and Telephone investiram em empreendimentos de insetos no ano passado.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original