Biden reage a discurso de Trump: 'Ninguém tirará nossa democracia de nós'

O candidato afirmou que a democracia americana é sólida e vai resistir ao tensionamento atual

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
05 de novembro de 2020 às 23:32 | Atualizado 05 de novembro de 2020 às 23:52

 

O ex-vice-presidente Joe Biden reagiu ao discurso do presidente Donald Trump, que acusou os democratas de quererem "roubar" as eleições presidenciais de 2020. O candidato afirmou que a democracia americana é sólida e vai resistir ao tensionamento atual.

"Ninguém vai tirar a nossa democracia de nós. Nem agora, nem nunca. Os Estados Unidos vieram longe demais, lutaram batalhas demais e suportaram coisas demais para deixarem isso acontecer", escreveu Biden no Twitter.

Assista e leia também:

América Decide: resultado das eleições nos EUA
Trump: 'não podemos permitir que essa eleição seja roubada de nós'
Biden reduz diferença na Pensilvânia e Geórgia; Trump perde ações na Justiça

Joe Biden fez discurso nesta quinta-feira
Joe Biden fez discurso nesta quinta-feira sobre apuração de votos nos EUA (5.nov.2020)
Foto: CNN Brasil


O democrata pediu aos seus apoiadores que "mantenham a fé".

Mais cedo, Trump colocou em dúvida a legitimidade do avanço de Biden em estados como Pensilvânia e Geórgia, onde números recentes colocam o ex-vice-presidente muito próximo de assumir a liderança da apuração.

"Os equipamentos eleitorais são gerenciados por democratas, eles estavam muito atrás e, de repente, como um milagre, os números começaram a favorecer os democratas de maneira ilegal", declarou.

Estudos mostram que os democratas tendem a preferir o voto por correspondência, enquanto os republicanos preferem ir votar pessoalmente no dia da eleição. Em muitos estados, os votos presenciais são contados e só depois começa a análise das cédulas que chegam por correio.