Republicanos se irritam com comentários de Trump sobre a lisura das eleições

Segundo fontes da CNN, os comentários de Trump não agradaram lideranças partido que disputaram vagas para o Legislativo dos Estados Unidos

Da CNN, em São Paulo
05 de novembro de 2020 às 00:36 | Atualizado 05 de novembro de 2020 às 00:51


 

Conforme a contagem de votos da eleição americana de 2020 avançou nesta quarta-feira (4), Donald Trump viu sua liderança em estados-chave, como Wisconsin e Michigan, passarem para a mão de Joe Biden. O presidente reagiu, via Twitter, alegando haver fraudes no processo eleitoral.

Segundo fontes da CNN, os comentários de Trump não agradaram lideranças do Partido Republicano que disputaram neste ano vagas no Senado e na Casa de Representantes (equivalente à Câmara dos Deputados no Brasil).

Uma fonte disse para repórteres da CNN que o Partido Republicano não está gostando do posicionamento de Trump. Segundo relatos, alguns republicanos não aprovam os ataques de Trump à segurança e à integridade das eleições.

Leia também

Discurso de Trump dialoga com mais pobres, diz Maurício Pestana

Se eleito, governo Biden vai abraçar pauta ambiental; assista

Joe Biden bate recorde no voto popular na história dos EUA

(Edição do texto: Paulo Toledo Piza).