Biden anuncia primeira mulher como Secretária do Tesouro, Janet Yellen

Além de Yellen, anuncia primeiro homem negro para deputado do mesmo órgão e descentente de indianos para diretoria de orçamento de seu gabinete

Jasmine Wright, da CNN, em Washington D.C.
30 de novembro de 2020 às 13:16 | Atualizado 30 de novembro de 2020 às 15:53

 

O presidente-eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou os membros-chave de seu time econômico, com mais um lote de nomes de grupos diversos.

Janet Yellen será a nova Secretária do Tesouro, se confirmada, e Neera Tanden, política descendente de imigrantes indianos, se tornaria a Diretora de Gerenciamento e Orçamento do Gabinete, de acordo com anúncio do governo de transição. Yellen, se confirmada, será a primeira mulher a servir como Secretária do Tesouro. Ela já foi presidente do Federal Reserve, equivalente ao Banco Central nos Estados Unidos.

Também foi anunciado Adewale "Wally" Adeyemo como deputado da secretaria do Tesouro, Cecilia Rouse como líder do Conselho Econômico, e Jared Bernstein e Heather Boushey como membros do mesmo Conselho. Se confirmado, Ademeyo será o primeiro deputado negro da Secretaria do Tesouro.

Leia mais:
Biden anuncia equipe de comunicação formada apenas por mulheres
Joe Biden quebra o pé após acidente em brincadeira com o seu cão
Condados do Wisconsin encerram recontagem e confirmam vitória de Biden
Biden e Kamala receberão primeiro relatório diário presidencial nesta segunda

Janet Yellen
Janet Yellen, ex-presidente do Federal Reserve e nova secretária do Tesouro
Foto: Christopher Aluka Berry/REUTERS


Esse anúncio confirma a apuração da CNN, que afirma que Biden nomearia Yellen para a cadeira do Tesouro e Ademeyo para seu braço-direito.

"Esse time é composto por servidores públicos respeitados, experientes e inovadores, que ajudarão as comunidades mais atingidas pela Covid-19 e abordarão as desigualdades estruturais em nossa economia", diz Biden em menção no anúncio.

(Texto traduzido do inglês, clique aqui para ler o original).