Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Partido Republicano no Colorado pede que seguidores queimem bandeira LGBTQIA+

    Em comunicado a seguidores, diretório do partido no Colorado afirmou que "Deus odeia o Orgulho"

    Manifestantes republicanos fazem passeata na Califórnia
    Manifestantes republicanos fazem passeata na Califórnia 03/03/2024REUTERS/Aude Guerrucci

    Da CNN

    O diretório do Partido Republicano no estado do Colorado pediu que seus seguidores queimem a bandeira LGBTQIA+ num post nas redes sociais.

    Em uma lista de transmissão de e-mails, o partido ainda escreveu que “Deus odeia o Orgulho”, em referência ao Mês do Orgulho, em que a comunidade LGBTQIA+ concentra manifestações a favor da diversidade.

    A estrutura do partido recentemente também pediu que as famílias tirem seus filhos das escolas públicas, afirmando que os democratas usam o ensino público para “criar crianças trans”.

    A escalada retórica do Partido Republicano fez com que Valamar Archuleta, um candidato republicano nas eleições para o legislativo federal, condenasse a mensagem.

    Ele afirmou que o discurso “antigay” é “odioso e dá nojo”. O político abriu mão do apoio do seu partido para a eleição.

    O Partido Republicano se reunirá numa convenção nacional no dia 15 deste mês para confirmar Donald Trump como candidato da legenda à Casa Branca, que deve concorrer contra o atual presidente, Joe Biden.