Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em protesto contra super-ricos, ativistas picham iate de herdeira do Walmart pela 2ª vez

    Grupos de ambientalistas defendem que padrão de consumo luxuoso dos bilionários contribui desproporcionalmente para as mudanças climáticas

    Ativistas ambientalistas espanhóis picharam com tinta vermelha um superiate de propriedade da bilionária herdeira do Walmart, Nancy Walton Laurie, em Barcelona, nesta sexta-feira (8/09/2023)
    Ativistas ambientalistas espanhóis picharam com tinta vermelha um superiate de propriedade da bilionária herdeira do Walmart, Nancy Walton Laurie, em Barcelona, nesta sexta-feira (8/09/2023) Scientist Rebellion/Reprodução

    Laura Paddisonda CNN

    Ativistas ambientalistas espanhóis picharam com tinta vermelha um superiate de propriedade da bilionária herdeira do Walmart, Nancy Walton Laurie, em Barcelona, nesta sexta-feira (8).

    Foi a segunda vez que o iate foi alvo de protestos nos últimos dois meses.

    Dois ativistas dos grupos climáticos Rebelião Científica e Rebelião Extinção acessaram a Marina Port Vell, uma doca para superiates, às 7h do horário local, segundo um porta-voz da organização.

    Eles espalharam tinta vermelha biodegradável na embarcação antes de desenrolarem uma faixa que dizia: “Bilionários não deveriam existir”.

    Ativistas ambientalistas espanhóis picharam com tinta vermelha um superiate de propriedade da bilionária herdeira do Walmart, Nancy Walton Laurie, em Barcelona, nesta sexta-feira (8/09/2023) / Scientists Rebellion/Reprodução (8/09/2023)

    “No final de mais um verão excepcional em termos de temperaturas recordes e eventos climáticos extremos, o 1% mais rico da população do planeta continua a poluir mais do que os 50% mais pobres. Os megaiates são um dos exemplos mais óbvios de um estilo de vida insustentável para o planeta”, disse o porta-voz em comunicado.

    Um porta-voz da Marina Port Vell disse que o barco não foi danificado na ação.

    “Após uma ação rápida da equipe de segurança, o incidente foi corrigido e o barco está agora em perfeito estado”, disse o porta-voz à CNN.

    Os ativistas foram detidos pela polícia na marina por três horas antes de serem libertados, segundo um porta-voz da Rebelião Científica. A CNN entrou em contato com a Polícia Portuária para comentar.

    O iate de Laurie já tinha sido alvo de ataques em Ibiza, em julho.

    Ativistas do grupo ambientalista Futuro Vegetal picharam o iate com tinta vermelha e preta e ergueram uma faixa que dizia: “Você consome, os outros sofrem”.

    Os artigos luxuosos usufruídos pelas pessoas mais ricas do mundo – de superiates a jatos privados – são cada vez mais o foco de protestos climáticos devido ao seu forte impacto climático.

    O movimento britânico Extinction Rebellion diz que tem nos super-ricos o seu alvo, afirmando que quer deixar claro que “os ricos e as suas atividades de lazer que desperdiçam recursos essenciais são um luxo com o qual não podemos arcar”.

    As pessoas mais ricas dos Estados Unidos estão entre os maiores poluidores do mundo, de acordo com um relatório recente, que concluiu que os 10% mais ricos dos EUA são responsáveis ​​por quase metade da poluição gerada no país e que aquece o planeta.

    O protesto de Barcelona ocorre na mesma semana em que os cientistas revelaram que este foi o verão mais quente já registrado no planeta, e por uma margem significativa.

    Samantha Burgess, vice-diretora do Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus da União Europeia, que levantou os dados, disse que o mundo pode esperar que esses recordes continuem sendo quebrados.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original