Entenda os compromissos assumidos pelo Brasil na COP26

País anunciou meta de 50% para reduzir emissões de gases do efeito estufa na atmosfera

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Durante a COP26, conferência do clima das Nações Unidas (ONU), o governo brasileiro apresentou uma nova meta de redução de 50% das emissões dos gases associados ao efeito estufa até 2030 e a neutralização das emissões de carbono até 2050.

O número foi acima do esperado por especialistas. O analista de internacional da CNN Lourival Sant’Anna afirma que as iniciativas apresentadas pelo Brasil envolvem projetos que preservam a floresta nativa e, também, recuperam áreas desmatadas.

Mas outras nações ficaram incomodadas com a falta de detalhes da proposta do governo brasileiro sobre como pretende alcançar as metas anunciadas na COP26. Sant’Anna fez um cálculo e constatou que existe uma controvérsia em relação aos números anunciados pelo Brasil.

Com base no inventário de 2005, o país apresentou, na prática, o mesmo compromisso firmado em 2015. Veja na tabela abaixo:

Emissões e metas do Brasil

  • 2015 > 2,1 bilhões de toneladas de CO2 — 43% = 1,2 bilhão de toneladas de CO2 equivalente
  • 2020 > 2,8 bilhões de toneladas de CO2 — 43% = 1,6 bilhão de toneladas de CO2 equivalente
  • 2021 > 2,4 bilhões de toneladas de CO2 — 50% = 1,2 bilhão de toneladas de CO2 equivalente

“A crítica é que enquanto os outros países aumentaram as suas porcentagens, o Brasil não aumentou. Entretanto, partimos de uma meta muito alta. Em 2015, os Estados Unidos apresentaram meta de 26% e nós apresentamos meta de 43% — a União Europeia, de 40%”, disse Lourival Sant’Anna.

Mais Recentes da CNN