Espanha: região com 200 mil pessoas é isolada após novos casos de Covid-19

Autoridades da Catalunha informaram que moradores da comarca de Segria não poderão sair da região após confirmação de 7.000 casos entre quinta e sexta-feira (3)

Pessoas aguardam em fila para fazer exame para o novo coronavírus em Barcelona, na Espanha
Pessoas aguardam em fila para fazer exame para o novo coronavírus em Barcelona, na Espanha Foto: Albert Gea -18.mar.2020/ Reuters

Reuters

Ouvir notícia

Autoridades da Catalunha, região no Nordeste da Espanha, decretaram isolamento para mais de 200 mil pessoas após terem sido detectados diversos focos do novo coronavírus.

O governador da região, Quim Torra, afirmou em entrevista coletiva que os moradores da comarca de Segria não poderão sair da região a partir do meio-dia (7h, de Brasília) deste sábado (4).

Porém, diferentemente do lockdown decretado em toda a Espanha em meados de março, as pessoas não precisam ficar necessariamente dentro de suas casas. Elas só não podem deixar a Catalunha.

“Decidimos confinar a Segria devido a dados que confirmam um crescimento muito significativo no número de infecções por Covid-19”, disse Torra.

Assista e leia também:

Espanha encerra estado de emergência e reabre suas fronteiras

Isolamento pode ter salvado 3 milhões de pessoas na Europa, aponta estudo

O secretário de Saúde da região informou que na sexta-feira (3) foram confirmados 3.706 novos casos de Covid-19 na cidade de Lérida — além de outros 3.551 casos registrados na quinta (2).

Os moradores da região poderão sair dali para trabalhar, mas deverão apresentar certificado de seu empregador para comprovar o motivo.

A Espanha já tem mais de 205.545 casos do novo coronavírus e 28.385 mortes causadas pela Covid-19.

O país, que é um dos mais afetados na Europa, impôs um lockdown nacional no dia 14 de março, mas aplicou gradualmente um plano de reabertura em fases desde o começo de maio.

Mais Recentes da CNN