Espanha tem 410 mortos por COVID-19 neste domingo, o menor número em quase 1 mês

Alta é a menor registrada desde 22 de março e está bem abaixo do pior dia, 2 de abril, quando foram contabilizados 950 mortos; no total, vítimas somam 20.453.

Foto: Juan Medina - 2.abr.2020/ Reuters

Da CNN Brasil*, em São Paulo

Ouvir notícia

O número de mortos por COVID-19 na Espanha atingiu 410 neste domingo (19), o menor para o intervalo de quase um mês, segundo o ministério da Saúde do país.

No sábado (18), o avanço havia sido de 565. No total, o número de mortes no país europeu, um dos mais castigados pela pandemia, soma 20.453.

A alta de mortes na Espanha pelo novo coronavírus registrada neste domingo é a menor desde 22 de março, e está bem abaixo do pior dia, 2 de abril, quando foram contabilizadas 950 mortes.

O avanço em menor ritmo de mortes é um sinal de desaceleração da contaminação pela COVID-19, um dos reflexos da implementação de regras mais estritas de isolamento social, a partir de meados de março. 

No total, o número de contágios no país subiu para 195.944 neste domingo, ante 191.726 no sábado, ainda de acordo com o ministério da Saúde.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sanchez, disse no sábado que pediria ao Congresso uma extensão de 15 dias na quarentena, até 9 de maio, mas ponderou que as restrições seriam mais flexíveis, com a permissão, por exemplo, de que crianças deixem suas casas por curtos períodos de tempo.

“Deixamos para trás os momentos mais graves”, disse Sanchez, em entrevista coletiva. “Essas conquistas ainda são insuficientes e, sobretudo, frágeis. Não podemos colocá-las em risco com soluções precipitadas”, acrescentou. 

*Com informações da Reuters 

Mais Recentes da CNN