Estado de Nova York ajusta o número de mortos por Covid e adiciona quase 12 mil óbitos

Número de mortos por Covid-19 em Nova York agora é de 55.395

Kathy Hochul, governadora de Nova York
Kathy Hochul, governadora de Nova York Anthony Behar/Sipa USA

Lauren del ValleDevan Coleda CNN

Ouvir notícia

A nova governadora de Nova York disse nesta quarta-feira (25) que o número de mortos por Covid-19 do estado agora se alinha com a contagem dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, depois que o estado acrescentou quase 12.000 mortes que a administração do ex-governador Andrew Cuomo não contabilizou oficialmente.

O anúncio da governadora democrata Kathy Hochul significa que o número de mortos por Covid-19 em Nova York agora é de 55.395, um salto significativo na contagem de Cuomo, que deixou o cargo no início desta semana.

As quase 12.000 mortes não são novas, mas a administração de Cuomo registrou as mortes de um sistema interno de relatórios que contabilizava apenas hospitais, lares de idosos e centros de cuidados para adultos. Não considerou dados de atestados de óbito submetidos ao CDC, que incluíam óbitos em qualquer local, inclusive em casa.

“A partir de ontem, estamos usando os números do CDC, que serão consistentes. Portanto, não há oportunidade para mascararmos esses números, nem quero mascarar esses números”, disse Hochul à NPR na quarta-feira. “O público merece uma imagem clara e honesta do que está acontecendo.”

A decisão de Hochul, que atuou como vice-governadora de Cuomo antes de ser empossada na terça-feira (24), é um primeiro sinal de seu compromisso declarado com a transparência como a nova governadora do estado, que foi o epicentro da pandemia do coronavírus nos Estados Unidos no início de 2020.

O escritório de Hochul afirmou, por meio de um comunicado, que o novo número de mortos é calculado a partir de “dados provisórios de atestados de óbito relatados pelo Departamento de Saúde do Estado de Nova York ao CDC, e inclui aqueles que morreram em qualquer local, incluindo hospitais, lares de idosos, instalações de cuidados para adultos, em casa, em hospícios e outros ambientes. ”

O painel do estado agora oferece os dois números – o do Sistema de Dados Eletrônicos de Resposta da Saúde de Nova York, bem como os do CDC – para dar aos nova-iorquinos uma imagem mais completa da situação da saúde pública, disse Hochul ao NPR.

Cuomo, que junto com sua administração tem sido amplamente criticado pelos cálculos do número de mortos da Covid-19, relatou 43.404 mortes totais da Covid-19 na segunda-feira durante suas horas finais como governador.

O governador renunciou ao cargo enfrentando a ameaça de um processo de impeachment na legislatura estadual. O departamento de saúde de Cuomo também foi investigado no início deste ano por subnotificar mortes relacionadas à Covid-19 em lares de idosos em aproximadamente 50%, descobriu o procurador-geral do estado.

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

Mais Recentes da CNN