Estados norte-americanos criam decretos que obrigam vacinação contra Covid-19

Empresas e órgãos públicos da Califórnia, Flórida, Virgínia e no Havaí criam regulamentos quem permitem imunização compulsória

Aya Elamroussi, da CNN

Ouvir notícia

Primeiro foram os decretos de obrigatoriedade do uso de máscaras. Agora, a vacinação está sendo exigida por várias entidades – públicas e privadas nos Estados Unidos.

Autoridades de saúde pública da Califórnia agiram na quinta-feira (5) para exigir que quase dois milhões de trabalhadores de saúde do estado sejam totalmente vacinados contra a Covid-19, tornando-se o primeiro estado a tomar essa medida.

O Departamento de Saúde Pública do estado também exige que os hospitais e asilos verifiquem se os visitantes estão totalmente vacinados ou se o resultado do teste foi negativo para o coronavírus.

 A mudança ocorre em um momento em que o estado vê mais um surto de Covid-19, apesar de mais de 53% da população do estado estar totalmente vacinada, mostram os dados do CDC.

“Como continuamos a ver um aumento nos casos e hospitalizações devido à variante Delta do Covid-19, é importante que protejamos os pacientes vulneráveis ??nesses locais”, disse o Dr. Tomás J. Aragón, oficial de saúde do estado.

Na Flórida, onde a taxa de casos positivos de Covid-19 está entre as mais altas do país, O Jackson Health System decidiu exigir que todos os seus funcionários, médicos e estudantes sejam totalmente vacinados, disse o CEO Carlos Migoya na quinta-feira.

E a vacinação terá suas vantagens. Os funcionários qualificados que forem totalmente vacinados até 30 de setembro receberão um pagamento do valor de US$ 150 em reconhecimento a sua decisão, disse Migoya.

Vacina da Novavax é aplicada em voluntário em ensaio clínico nos EUA
Vacina da Novavax é aplicada em voluntário em ensaio clínico nos EUA
Foto: Reuters

Aqueles que não receberem pelo menos uma dose da vacina até 23 de agosto serão obrigados a usar uma máscara N95 o tempo todo enquanto estiverem dentro das instalações de Jackson, incluindo áreas clínicas e não clínicas.

No condado de Miami-Dade, os funcionários serão obrigados a mostrar a prova de vacinação da Covid-19 ou ser testados semanalmente para o vírus, disse a prefeita Daniella Levine Cava na quinta-feira.

A política entrará em vigor na semana de 16 de agosto para funcionários não sindicalizados, e as exceções serão avaliadas caso a caso, acrescentou Levine Cava.

As autoridades da Virgínia e do Havaí anunciaram na quinta-feira políticas semelhantes de prova de vacinação ou teste semanal para seus funcionários estaduais.

O anúncio do Havaí veio no mesmo dia em que estabeleceu um novo recorde em um único dia para novos casos de coronavírus, com 655 relatados na quinta-feira.

“Este aumento alarmante de casos não terminará por si só”, disse a diretora de saúde do Havaí, Dra. Libby Char.

“O retorno à normalidade que todos lutamos tanto para alcançar está em perigo.”

Lauren Mascarenhas da CNN, Michael Nedelman, Melissa Alonso, Elizabeth Stuart, Deidre McPhillips, Rebekah Riess, Cheri Mossburg, Raja Razek e Andy Rose contribuíram para esta reportagem. 

(Texto traduzido. Leia aqui o original em inglês.)

Mais Recentes da CNN