Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Casa Branca rebate falas sobre guerra da Ucrânia: “Lula reproduz propaganda russa”

    Porta-voz de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, afirmou que Lula “está reproduzindo propaganda russa e chinesa” e seus comentários foram “simplesmente equivocados”

    Da CNN

    O governo dos Estados Unidos respondeu com dureza, na tarde desta segunda-feira (17) às declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que apontou os EUA e a União Europeia como culpados pelo prolongamento da Guerra da Ucrânia, além de afirmar que tanto Rússia quanto Ucrânia eram responsáveis pela guerra iniciada no ano passadoO porta-voz de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, afirmou que Lula “está reproduzindo propaganda russa e chinesa”. Ainda segundo ele, os comentários foram “simplesmente equivocados”.

    Esta foi a segunda resposta dura às declarações de Lula, feitas no último domingo (16). Mais cedo, o porta-voz principal para Assuntos Externos da União Europeia, Peter Stano, afirmou que a Rússia é a “única responsável” pela escada de violência no Leste Europeu.  

    O porta-voz também descartou as críticas de Lula sobre as ações do Ocidente em relação à guerra. ‘Os Estados Unidos e a União Europeia trabalham juntos, como parceiros de uma ajuda internacional. Estamos ajudando a Ucrânia em exercícios para legítima defesa”.  

    Ele também lembrou que o Brasil fez parte dos 143 países que condenaram a invasão da Ucrânia e pediram pelo fim das hostilidades, dentro do ambiente das Nações Unidas. “Não é verdade que os EUA e UE estão ajudando a prolongar o conflito. Nós oferecemos inúmeras possibilidade à Rússia de um acordo de negociação em termos civilizados.  

    Fala de Lula

    Em entrevista à imprensa em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, o presidente brasileiro voltou a defender a negociação da paz entre Rússia e Ucrânia com a reunião de países neutros. “A construção da guerra foi mais fácil do que será a saída da guerra. Porque a decisão da guerra foi tomada por dois países”.  

    O presidente da República falou na ocasião que a Guerra atingiu um patamar de difícil solução. “O presidente Putin não toma iniciativa de paz. O Zelensky não toma iniciativa de paz. A Europa e os Estados Unidos terminam dando contribuição para a continuidade dessa guerra”.

     

    (Publicado por Fábio Mendes, com informações da Reuters)

     

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN