EUA não participarão de reuniões do G20 com russos

Durante coletiva de imprensa no mês passado, Biden pediu que a Rússia fosse removida do grupo; Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA, diz que concorda com o presidente norte-americano

Janet Yellen, secretária do Tesouro dos Estados Unidos
Janet Yellen, secretária do Tesouro dos Estados Unidos Greg Nash/Pool via REUTERS

Kevin Liptakda CNN

Ouvir notícia

Os Estados Unidos não participarão das reuniões do G20 das quais a Rússia está participando, disse a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, nesta quarta-feira (7).

Falando no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos EUA, Yellen disse que deixou essa posição clara para outros ministros das Finanças que também fazem parte do grupo.

“O presidente Biden deixou claro, e eu certamente concordo com ele, que não pode ser um negócio como de costume para a Rússia em nenhuma das instituições financeiras”, disse Yellen.

“Ele pediu que a Rússia fosse removida do G20 e deixei claro para meus colegas na Indonésia que não participaremos de várias reuniões se os russos estiverem lá”.

Biden disse durante uma entrevista coletiva em Bruxelas no mês passado que a Rússia deveria ser expulsa do G20, mas seria necessário haver um acordo entre outros membros para formalizar a mudança.

A próxima cúpula de líderes do G20 está marcada para novembro na Indonésia. Há reuniões ministeriais antes dessa reunião.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN