Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    EUA pressionam Israel a manter comunicação e restaurar fornecimento de água a Gaza

    Porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Matthew Miller disse ter deixado claro que redes de comunicação "precisam ser restauradas" na região

    Da CNN

    Os Estados Unidos estão pressionando Israel a “garantir que as redes de comunicação em Gaza permaneçam operacionais” e a restaurar os serviços essenciais de água e combustível, de acordo com um porta-voz do Departamento de Estado.

    “Deixamos claro ao governo de Israel no fim de semana que as redes de comunicações precisam ser restauradas e estamos satisfeitos que eles tenham tomado medidas para fazer isso”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Matthew Miller, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (30).

    Miller também disse que os EUA estão “fazendo progressos” na garantia do fornecimento de combustível a Gaza.

    Os norte-americanos também têm um acordo com Israel para reativar uma segunda linha de água para a região, segundo Miller, mas “há problemas com partes dessa linha que estão realmente danificadas”.

    EUA suspende voos fretados de Israel

    O Departamento de Estado também suspendeu voos fretados para americanos de Israel devido à falta de demanda, disse o porta-voz da instituição. Ele disse que a demanda pelos voos caiu “consistentemente” e uma viagem partiu no domingo (29) com apenas cinco passageiros.

    “Notificamos a todos que o voo fretado de terça-feira (31) é o último que estamos planejando no momento, então se eles quiserem partir, agora é a hora de fazê-lo. Não espere por outro”, disse Miller, mas acrescentou que continuariam a “realizar avaliações em tempo real sobre a demanda”.

    Entretanto, os americanos em Gaza continuam encurralados enquanto a fronteira de Rafah está fechada. As autoridades dos EUA atribuíram a culpa diretamente ao grupo radical islâmico Hamas.

    *Publicado por Leonardo Rodrigues

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original