EUA registram mais de 140 mil novos casos de Covid-19 em um dia

Com mais de 140 mil casos do novo coronavírus registrados nesta quarta-feira (10), os Estados Unidos atingiram um novo recorde na contagem diária

Estados Unidos vivem nova escalada de casos de Covid-19
Estados Unidos vivem nova escalada de casos de Covid-19 Foto: CNN (20.jun.2020)

Por Christina Maxouris, Eric Levenson e Theresa Waldrop, da CNN

Ouvir notícia

 

Com mais de 140 mil casos do novo coronavírus registrados nesta quarta-feira (10), os Estados Unidos atingiram um novo recorde na contagem diária. A marca ainda pode ser acrescida em atualizações.

A quarta-feira também foi o nono dia consecutivo de novos casos chegando a 100.000. O recorde anterior, de 136.325 casos, foi batido na terça-feira.

Em meio à escalada de casos,a Força-Tarefa da Casa Branca esta semana alertou mais uma vez os estados sobre a “aceleração” da disseminação do vírus que causa a Covid-19 e recomendou aumentos nos testes.

Leia também:
Estados Unidos ultrapassam 10 milhões de casos de Covid-19

Biden anuncia força-tarefa contra a Covid-19

As hospitalizações no país também bateram recordes pelo segundo dia consecutivo. Na quarta-feira, 65.368 pessoas foram hospitalizadas, acima do recorde de terça-feira de 61.964, de acordo com o Covid Tracking Project. Isso é o dobro do número de um mês atrás.

Em todo o país, muitos hospitais já estão em seu ponto de ruptura, com funcionários sobrecarregados, aumento contínuo de pacientes e falta de leitos.

No Wisconsin, 65 condados estão em níveis “criticamente altos” de propagação de Covid-19, e 90% dos leitos hospitalares do estado estão cheios, disse o Departamento de Saúde, e o Mayo Clinic Health System informou que não há leitos vazios em seus hospitais em o noroeste do estado.

“O público precisa urgentemente tratar a Covid-19 como uma emergência de saúde para evitar que o sistema de saúde seja sobrecarregado”, disse o sistema de saúde em um comunicado na quarta-feira.

O Departamento de Saúde de Wisconsin acabou de criar o nível “criticamente alto” que é quase três vezes maior do que o nível superior anterior, disse quarta-feira.

“Esta nova categoria indica o quão alarmante é a atividade da Covid-19 em condados e regiões em todo Wisconsin”, disse o departamento em um comunicado. O Wisconsin teve seu segundo dia consecutivo de mais de 7.000 novos casos na quarta-feira, disse o departamento.

Em Dakota do Norte, a falta de médicos é tão crítica que o governador Doug Burgum emitiu uma ordem esta semana permitindo que profissionais de saúde com infecções ativas por Covid-19 continuem trabalhando nas unidades dos hospitais voltadas a tratar pacientes com o novo coronavírus, contanto que sejam assintomáticos e tomem precauções extras.

Mais Recentes da CNN