Expectativa para Putin declarar guerra, dengue no Brasil e mais de 3 de maio

Presidente russo deve usar o feriado de 9 de maio para fazer propaganda do conflito e declarar oficialmente guerra à Ucrânia

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante encontro com procuradores russos em Moscou
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante encontro com procuradores russos em Moscou 25/04/2022Sputnik/Sergey Guneev/Kremlin via REUTERS

Da CNN Brasil

Ouvir notícia

A expectativa para que o presidente russo, Vladimir Putin, declare formalmente guerra à Ucrânia aproveitando o feriado nacional do dia 9 de maio – dia da vitória soviética contra os nazistas em 1945 – e os números da Dengue no Brasil, que em quatro meses já se aproximam do total de casos prováveis de dengue em todo o ano de 2021, estão entre os destaques desta terça-feira (3).

Putin pode declarar oficialmente guerra à Ucrânia, dizem autoridades ocidentais

O presidente russo, Vladimir Putin, pode declarar formalmente guerra à Ucrânia em 9 de maio, uma medida que permitiria a mobilização total das forças de reserva da Rússia, à medida que os esforços de invasão continuam a falhar, acreditam autoridades americanas e ocidentais.

A data de 9 de maio, conhecido como “Dia da Vitória” na Rússia, comemora a derrota dos nazistas no país em 1945. Autoridades ocidentais acreditam que Putin aproveitaria o significado simbólico e o valor da propaganda do dia para anunciar uma conquista militar na Ucrânia, uma grande escalada de hostilidades – ou ambos.

Brasil encerra abril próximo ao total de casos de dengue de todo o ano de 2021

Segundo dados do Ministério da Saúde, em quatro meses, o Brasil se aproxima ao total de casos prováveis de dengue de todo o ano de 2021.

Até a semana 16 de monitoramento deste ano, foram contabilizados 542.038 casos prováveis da doença. Em 2021, o total registrado na última semana de boletins epidemiológicos da Saúde foi de 544.460.

Em comparação com o mesmo período do ano, até a semana 16 de 2021,  neste ano houve um aumento de 113,7 % de casos registrados.

Cármen Lúcia notifica cúpula da CPI da Covid em pedido de investigação

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a notificação dos senadores Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros (MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) após pedido de investigação apresentado pela ex-secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. Os três, entretanto, não são obrigados a responder.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou pela rejeição do pedido. A ex-gestora acusa os congressistas de violação de sigilo funcional e dano emocional à mulher. Aziz e Randolfe eram, respectivamente, presidente e vice da CPI da Covid. Renan Calheiros era o relator.

Café importado, roupas bordadas e injeção de testosterona: as regalias de Cabral na prisão

Mesmo preso há mais de cinco anos, Sérgio Cabral ainda mantinha, pelo menos até a última semana, uma vida cheia de regalias. Em sua cela, no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar (BEP), em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, os fiscais da Vara de Execuções Penais encontraram os mais variados tipos de irregualaridades.

Do fundo falso na gaveta e na cama ao café importado, embalado a vácuo acompanhado de biscoitos finos. Foram localizados ainda R$ 4 mil em dinheiro vivo e um enxoval completo com fronhas e toalhas, bordadas com as iniciais do ex-governador e o nome dele.

Brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos desde o início do ano

Os brasielros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos desde o início de 2022, segundo dados do “Impostômetro”, ferramenta da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A marca foi atingida na madrugada desta terça-feira (3).

No ano passado, a quantia foi atingida 16 dias depois, em 19 de maio. Durante todo o ano de 2021, os brasileiros pagaram R$ 2.592.601.562.926,43 em impostos no total.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

* Publicado por Léo Lopes

Mais Recentes da CNN