Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Forças russas tentam avançar para Zaporizhzhia, dizem autoridades locais

    Cidade no sudeste do país faz parte da rota para evacuação de civis que tentam fugir da guerra

    Uma grande coluna de veículos militares russos é vista perto de Matveev Kurgan, um assentamento na região russa de Rostov.
    Uma grande coluna de veículos militares russos é vista perto de Matveev Kurgan, um assentamento na região russa de Rostov. Telegram / Ministério de Defesa russo

    Nathan Hodgeda CNN

    Lviv

    Ouvir notícia

    As forças russas estão tentando avançar em direção à cidade de Zaporizhzhia, no sudeste da Ucrânia, disse o Conselho Regional da cidade na quarta-feira (20), à medida que os combates se intensificam no leste do país.

    “A situação na linha de frente sugere que o inimigo está tentando avançar em direção a Zaporizhzhia, mas sofre perdas e concentra seus principais esforços na manutenção das fronteiras ocupadas”, disse o conselho em comunicado.

    “As tropas russas continuam bombardeando as posições de nossas tropas e conduzindo operações ofensivas na direção de Pokrovske – Huliaipole”, acrescentou o conselho.

    Zaporizhzhia fica ao norte da cidade sitiada de Mariupol e deve fazer parte de um corredor de evacuação supostamente acordado com a Rússia para quarta-feira.

    Mulheres, crianças e idosos seriam evacuados da cidade portuária do sudeste para Manhush, passando pela cidade russa de Berdyansk e depois para Zaporizhzhia, disse a vice-primeira-ministra ucraniana Iryna Vereshchuk.

    As forças russas ocupam a parte sul da região e, segundo o conselho, estabeleceram uma base na cidade de Melitopol, perto de áreas residenciais.

    Referendos falsos

    O conselho afirma que as forças russas estão planejando realizar referendos falsos em território ocupado, semelhantes aos realizados nas regiões de Donetsk e Luhansk controladas pelos separatistas em 2014.

    No início desta semana, o líder separatista apoiado pela Rússia, Denis Pushilin, disse que a República Popular separatista de Donetsk apoiaria um distrito ocupado pelos russos na região de Zaporizhzhia.

    Pushilin alegou que Zaporizhzhia havia feito “um apelo” para se separar da Ucrânia e se juntar à república separatista.

    Autoridades ucranianas disseram que as forças russas parecem estar se preparando para um referendo simulado semelhante na região de Kherson, no sul.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN