Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fortes terremotos na Turquia foram causados por “falha em linha de placas tectônicas”

    Especialista ouvido pela CNN analisou os tremores que atingiram a região na madrugada desta segunda-feira (6)

    Christian Edwardsda CNN

    O tremor secundário de magnitude 7,5 foi “um terremoto em si”, disse o meteorologista da CNN Chad Myers nesta segunda-feira (6). “É o terremoto mais forte na região desde 1999″.

    “Sempre falamos do epicentro, mas neste caso devemos falar da epi-linha”.

    Duas enormes placas tectônicas – a arábica e a eurasiana – se encontram sob as províncias do sudeste da Turquia. Ao longo dessa linha de falha, “cerca de 160 quilômetros de um lado ao outro, a terra escorregou”, disse Myers.

    Os sismólogos referem-se a este evento como um “deslize” – “onde as placas se tocam e, de repente, deslizam para o lado”, disse Myers.

    Isso é diferente do Anel de Fogo, que corre ao longo da costa oeste dos Estados Unidos. Nesta zona, terremotos e tsunamis são frequentemente causados ​​por subducção – onde uma placa desliza abaixo da outra.

    Mas em um “deslize”, as placas se movem horizontalmente, em vez de verticalmente.

    “Isso importa porque os prédios não querem ir e voltar. E então as ondas secundárias começam a ir e vir também”, disse Myers.

    Devido à natureza desse evento sísmico, os tremores secundários podem durar “semanas e meses”, segundo a meteorologista da CNN Karen Maginnis.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original