Furacão Ida sobe para categoria 4 e atingirá EUA com ventos de mais de 240 km/h

Furacão aumentou rapidamente de intensidade desde que atingiu Cuba na sexta-feira (27), ameaçando ser 'extremamente perigoso'

Furacão Ida em imagem da Nasa
Furacão Ida em imagem da Nasa Nasa/Reprodução

Travis CaldwellMichael GuyAya Elamroussi

da CNN

Ouvir notícia

Ida se tornou um furacão de categoria 4 na manhã deste domingo (29), intensificando-se rapidamente para ventos sustentados de 150 mph (cerca de 241 km/h), de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Isso é apenas 7 mph (cerca de 11 km/h) abaixo do que é considerado uma tempestade de categoria 5. O furacão está a 60 milhas (cerca de 95 km) ao sul da foz do rio Mississippi, disseram os meteorologistas do NHC em uma atualização às 7h da manhã, enquanto a tempestade continuava sua marcha em direção à Louisiana e à Costa do Golfo a 15 mph (24 km/h).

O furacão aumentou rapidamente de intensidade desde que atingiu Cuba na sexta-feira (27), ameaçando ser um “grande furacão extremamente perigoso” quando atingir a costa da Louisiana na tarde de domingo. Ida ganhou 35 mph (56 km/h) na velocidade do vento sustentada em apenas seis horas, disse o NHC.

 

“Ida está prestes a se fortalecer ainda mais e, com base em imagens de satélite recentes, parece que o fortalecimento é iminente”, disse o NHC anteriormente.

Bandas externas da tempestade já estão chegando à costa da Costa do Golfo, atingindo o sudeste da Louisiana, incluindo Nova Orleans. Uma estação meteorológica em Southwest Pass identificou um vento sustentado de 60 mph (96 km/h) e uma rajada de 74 mph (119 km/h) nas primeiras horas da manhã.

Um alerta de furacão permanece em vigor desde Intracoastal City, Louisiana, até a foz do Rio das Pérolas e inclui o Lago Pontchartrain, o Lago Maurepas e Nova Orleans.

Há também o perigo de uma inundação de tempestade com risco de vida no domingo em áreas ao longo das costas de Louisiana, Mississippi e Alabama.

Os impactos das chuvas, ventos e ondas de tempestade se estenderão para longe do centro da tempestade, disse o NHC, e avisos foram emitidos para residentes que sentiram os efeitos de grandes tempestades no ano passado e historicamente.

Se Ida atingir a costa da Louisiana como previsto, será o quarto furacão a atingir o estado desde agosto do ano passado e o terceiro grande furacão na Louisiana nesse período de tempo.

Uma greve de domingo também ocorre em meio ao 16º aniversário da chegada do furacão Katrina na Costa do Golfo , que causou a morte de mais de 1.800 pessoas na região.

“29 de agosto é uma data importante na história aqui”, disse Collin Arnold, diretor do Escritório de Segurança Interna e Preparação para Emergências de Nova Orleans, à CNN no sábado. “Muitas pessoas se lembram do que aconteceu há 16 anos. É hora de se acalmar esta noite e estar onde você precisa estar.”

Mais Recentes da CNN