Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Hamas e Jihad Islâmica dizem que responderam mediadores sobre cessar-fogo

    Não está claro se grupos aceitaram ou não proposta

    Membros do Hamas mascarados: grupo diz ter libertado civis sequestradas nesta segunda-feira (23)
    Membros do Hamas mascarados: grupo diz ter libertado civis sequestradas nesta segunda-feira (23) Abid Katib/Getty Images

    Da Reuters

    O Hamas e a Jihad Islâmica Palestina disseram nesta terça-feira (11) submeteram sua resposta ao acordo de cessar-fogo proposto para a Faixa de Gaza aos mediadores do Catar e do Egito.

    Os grupos armados também expressaram “prontidão para positivamente” chegar a um acordo para acabar com a guerra em Gaza em uma declaração conjunta.

    Não está claro se grupos aceitaram ou não proposta.

    Um integrante do Hamas disse à agência Reuters que “a resposta do Hamas reafirmou a posição do grupo de que qualquer acordo deve acabar com a agressão sionista ao nosso povo, tirar as forças israelenses, reconstruir Gaza e alcançar um acordo sério de troca de prisioneiros”.

    O Egito e o Catar confirmaram que receberam a resposta dos grupos radicais, mas não forneceram mais detalhes.

    Hamas diz que aceita proposta da ONU

    Mais cedo, um integrante de alta patente do Hamas disse que o grupo aceita uma resolução da ONU que apoia um plano para acabar com a guerra com Israel em Gaza.

    Entretanto, não está claro se a resposta dada aos mediadores se refere ao documento aprovado no Conselho de Segurança da ONU.

    O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, destacou que a sinalização de uma resposta positiva do grupo armado era “um sinal de esperança”.