Harry diz que racismo foi uma das razões de sua saída e de Meghan do Reino Unido

Príncipe diz que em conversa com pessoa influente da mídia britânica, ouviu que a imprensa "destruiria sua vida e de Meghan"

Príncipe Harry e Meghan Markle são entrevistados por Oprah Winfrey
Príncipe Harry e Meghan Markle são entrevistados por Oprah Winfrey Foto: Divulgação/Harpo Productions/Joe Pugliese

Da CNN

Ouvir notícia

O príncipe Harry disse que o racismo desempenhou um “grande papel” no motivo pelo qual ele e Meghan deixaram o Reino Unido, de acordo com um novo trecho da entrevista a Oprah Winfrey publicada pela CBS nesta segunda-feira (8).

“Você saiu do país por causa do racismo?”, Winfrey perguntou a Harry. “Foi uma grande parte disso”, ele respondeu.

Ele continua contando uma história de um evento para arrecadação de fundos onde uma pessoa não identificada que era próximo a vários editores de jornais britânicos disse a Harry que a imprensa destruiria a vida dele e de Meghan, a duquesa de Sussex.

Quando ele disse ao homem para elaborar, a pessoa disse a Harry: “Você precisa entender que o Reino Unido é muito preconceituoso.”

“E eu parei e disse, ‘o Reino Unido não é preconceituoso — a imprensa do Reino Unido é, especificamente os tabloides. É isso que você quer dizer?’”, disse Harry. Mas a pessoa repetiu a frase: “O Reino Unido é preconceituoso”.

Harry discordou da afirmação do homem, mas acrescentou, “infelizmente, se a fonte de informação for inerentemente corrupta, racista ou tendenciosa, isso será filtrado para o resto da sociedade.”

(Texto traduzido. Leia o original em inglês).

Mais Recentes da CNN