Imagens de fronteira mostram afegãos tentando fugir após ascensão do Talibã

Imagens de satélite tiradas no ponto de checagem entre o Afeganistão com o Paquistão capturaram desespero por fuga após a queda de Cabul. Confira diferença

Reuters

Ouvir notícia

Imagens de satélite da fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão, tiradas antes e depois da tomada do país pelo Talibã, mostram o movimento crescente na região ao passo que os cidadãos se desesperaram para fugir do país.

Em capturas feitas pela empresa Planet Labs em 2 de agosto, a estrada que leva ao Portão da Amizade em Spin Boldak estava vazio. Em outra imagem do dia 19 de agosto, quatro dias depois que o Talibã tomou Cabul e o presidente Ashraf Ghani fugiu do país, uma longa linha de caminhões podia ser vista na estrada.

Já em 24 de agosto, multidões de pessoas podiam ser vistas nas ruas que estavam vazias poucos dias antes.

 

Os afegãos que se desesperaram para deixar o país têm se dirigido ao aeroporto de Cabul, mas aqueles que não conseguem chegar até lá ou não possuem vistos especiais para conseguirem a evacuação têm se dirigido às fronteiras com o Paquistão ou Irã.

Um ataque suicida no dia 26 de agosto matou mais de 170 que se aglomeravam do lado de fora do Aeroporto Internacional Hamid Karzai no meio das operações de evacuação.

Os esforços para a retirada de estrangeiros se acelerou devido às preocupações com as medidas tomadas pelo Talibã nos arredores do aeroporto, o que impediu muitos afegãos de se aproximarem.

Mais Recentes da CNN