Internações por coronavírus caem em NY, diz governador

São 58% a menos de pacientes admitidos com sintomas da gripe entre os dias dois e seis de abril.

Marcelo Favalli

Da CNN, em Nova York

Ouvir notícia
 
HEALTH-CORONAVIRUS-USA-NEW-YORK__Reuters_Brendan Mcdermid_07_04_2020
Paramédicos levam paciente ao centro de emergência durante surto de Covid-19 no Brooklyn, em Nova York.
Foto: REUTERS / Brendan Mcdermid

Embora os dados pareçam contraditórios, os números têm causas diferentes. Nesta terça-feira, o governador Andrew Cuomo apresentou o dado mais promissor dos últimos 15 dias: uma queda expressiva das internações por causa do novo cononavírus. São 58% a menos de pacientes admitidos com sintomas da gripe entre os dias dois e seis de abril.

Segundo o governador, o gráfico indica que a epidemia está diminuindo no estado. As projeções também apontam que Nova York já passou pelo pico de contaminação. Entretanto, Cuomo insiste para que moradores e visitantes mantenham as orientações de quarentena e higiene. O governador usou os números para reforçar que as medidas de prevenção deram efeito. Ele destacou que, caso haja uma mudança de comportamento dos nova-iorquinos, o crescimento da epidemia pode voltar. 

Por outro lado, Nova York continua sendo o epicentro da crise, nos Estados Unidos. Ontem, o estado registrou o maior número de mortes causadas pela Covid-19: 731. Na última quinta-feira, foram 562 vítimas da doença. Entretanto, o saldo mostra a letalidade do vírus e não somente a capacidade de contaminação. O governador Cuomo ressaltou que as mortes foram em decorrência dos sintomas identificados semanas atrás. Enquanto, a diminuição nas internações é reflexo da menor quantidade de pessoas contaminadas. 

Mesmo com uma redução na quantidade de pessoas que procuram os serviços de saúde, Nova York segue atenta para uma provável superlotação dos hospitais, nas próximas duas semanas. Isso porque mais profissionais têm sido afastados das atividades. É cada vez maior o número de médicos e enfermeiros infectados pelo vírus, sem contar os afastamentos por estresse emocional. Quinhentos policiais, em todo estado, foram diagnosticados com coronavírus. Outros três mil estão em isolamento com sintomas da doença. 

Nova York conseguiu aprovação do departamento federal de medicamentos para realizar teste de anticorpos, no estado. O governador Andrew Cuomo anunciou investimento em empresas interessadas a participar do projeto. Embora a notícia soe como uma cura para o novo coronavírus, as autoridades esclarecem que o período de testes é longo e complexo, seguindo padrões internacionais. Cuomo ressalta que, mesmo com resultados preliminares positivos, um remédio ou vacina eficaz para Covid-19 não deve chegar tão cedo à população

 

Mais Recentes da CNN