Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Israel diz ter feito ataques terrestres pontuais à Faixa de Gaza em preparação para “próxima fase da guerra”

    Forças de Defesa de Israel disseram que a ofensiva tinha como objetivo procurar os reféns mantidos pelo grupo radical islâmico Hamas

    Amir Talda CNN

    As Forças de Defesa de Israel (FDI) afirmam ter realizado ataques “ao longo da linha de contato” com a Faixa de Gaza durante a noite de domingo (22) para “matar esquadrões terroristas” enquanto intensificam os bombardeios no enclave palestino. A previsão é que os israelenses façam um ataque terrestre robusto nos próximos dias.

    “Os ataques blindados e de infantaria foram realizados durante a noite. Essas ofensivas são ataques para matar esquadrões terroristas, preparando para a nossa próxima fase da guerra”, disse o contra-almirante Daniel Hagari nesta segunda-feira (23).

    A ofensiva também visava localizar e procurar pessoas feitas reféns durante os ataques terroristas do grupo radical islâmico Hamas a Israel em 7 de outubro antes dos “próximos estágios da guerra”, acrescentou Hagari.

    Militantes do Hamas mataram 1.400 pessoas em Israel durante a sua incursão no início deste mês e fizeram centenas de pessoas como reféns.

    Desde então, as FDI aumentaram a sua repressão militar em Gaza, ao mesmo tempo que inundavam a fronteira com tropas.

    Também lançou ataques na Cisjordânia ocupada desde a incursão do Hamas, prendendo centenas de palestinos que supostamente incluíam legisladores, figuras proeminentes, jornalistas e antigos detidos que cumpriram penas prolongadas em prisões israelenses.

    As forças de Israel lançaram um pesado bombardeio em Gaza durante a noite, que matou dezenas de palestinos. Pelo menos 4.651 pessoas foram mortas no enclave devido ao bombardeio contínuo, segundo o Ministério da Saúde palestino em Gaza. O número não inclui vítimas de domingo.

    Hagari disse nesta segunda-feira que os ataques aéreos israelenses nas últimas 24 horas atingiram “centenas de alvos terroristas” em Gaza, incluindo a rede de túneis usada pelo Hamas.

    Veja também: Israel diz que bombardeou túneis do Hamas; túneis são 5 vezes maiores que metrô de SP

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original