Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Israel liberta 30 palestinos nesta quarta-feira (29) em acordo com o Hamas

    Pessoas foram soltas após o grupo armado liberar 14 reféns, sendo 10 israeleneses

    Soldados israelenses operam na Faixa de Gaza
    Soldados israelenses operam na Faixa de Gaza 27/11/2023 Divulgação via REUTERS

    Tamar MichaelisSugam Pokharelda CNN

    Um total de 30 palestinos foram libertados das prisões israelenses em Damon, Megiddo, Ofer, Nafha, Ktzi’ot, Ramon e Ohalay Kedar nesta quarta-feira (29), informou o serviço penitenciário israelense em um comunicado.

    Ahed Tamimi, um ativista palestino de destaque, estava entre as pessoas que foram soltas. Tamimi ganhou projeção em 2017, depois que um vídeo dela dando um tapa em um soldado israelense viralizou.

    Nos termos do acordo de trégua com o Hamas, Israel tem que libertar três palestinos por cada refém israelense solto. Nesta quarta, o Hamas liberou 16 reféns, sendo 10 cidadãos israelenses — alguns com dupla cidadania, incluindo americana.

    Dois cidadãos russo-israelenses e quatro cidadãos tailandeses foram libertados fora do âmbito do acordo nesta quarta.

    Enquanto isso, autoridades mundiais tentam costurar a prorrogação da trégua entre Israel e o Hamas. Isso possibilitaria a libertação de mais pessoas e a chegada de mais ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

    Também é negociado que homens e soldados israelenses sejam soltos.