Israel retira obrigatoriedade de uso de máscara em locais fechados

Israelenses não precisam usar máscaras ao ar livre desde abril; novas infecções por Covid-19 estão em queda desde fevereiro

Reuters

Ouvir notícia

 

Israel retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra a Covid-19 aos seus cidadãos nesta terça-feira (15), encerrando uma de suas últimas restrições principais, já que novas infecções por Covid-19 continuaram a diminuir e o país continua a vacinar. 

As crianças foram para a escola e os adultos trabalharam sem máscaras pela primeira vez em mais de um ano. Os israelenses não precisam usar máscaras ao ar livre desde abril.

Cerca de 55% dos 9,3 milhões de habitantes de Israel estão totalmente vacinados – participação praticamente inalterada pela expansão da elegibilidade deste mês para incluir jovens de 12 a 15 anos.

Israel registrou neste mês zero ou uma morte diária de Covid-19, mostram dados do Ministério da Saúde. As novas infecções estão em declínio constante, após uma queda acentuada em fevereiro e março.

O ministério disse que máscaras ainda serão exigidas para não vacinados ou funcionários em instalações médicas, além de pessoas em quarentena e de passageiros em voos comerciais. 

(Escrito por Dan Williams; edição por Andrew Heavens)

Israel retira restrições contra Covid-19
Em abril, Israel retirou algumas restrições contra Covid-19; na foto, clientes sem máscaras em restaurante de Tel Aviv
Foto: Mostafa Alkharouf/Anadolu Agency via Getty Images

Mais Recentes da CNN