Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Itamaraty transfere embaixada da Ucrânia para a Moldova

    Posto consular em Lviv, na Ucrãnia, segue em funcionamento

    Prédio da embaixada do Brasil em Kiev, Ucrânia
    Prédio da embaixada do Brasil em Kiev, Ucrânia Reprodução/Embaixada do Brasil em Kiev

    Douglas PortoElizabeth Matravolgyida CNN

    em São Paulo

    O Ministério das Relações Exteriores transferiu temporariamente, nesta sexta-feira (4), a Embaixada do Brasil em Kiev, na Ucrânia, para Chisinau, na Moldova.  O embaixador brasileiro Norton de Andrade Mello Rapesta já acumulava a função para ambos os países.

    Segundo a pasta, a medida aconteceu “com o objetivo de expandir a atuação do posto nas rotas mais utilizadas pelos brasileiros ao deixar o território ucraniano.”

    Os brasileiros que estão em Kiev podem continuar a procurar os funcionários na embaixada. As entidades na Polônia, Romênia, Hungria e Eslováquia também estão operando com núcleos de apoio.

    O posto de atendimento consular na cidade ucraniana de Lviv, que continua em funcionamento, bem como a força-tarefa do órgão para apoio a cidadãos brasileiros na zona de conflito serão coordenados pelo embaixador brasileiro em Sarajevo, na Bósnia e Herzegovina, Lineu Pupo de Paula, que foi temporariamente deslocado.

    Em casos de emergência, o plantão do Ministério das Relações Exteriores pode ser contatado pelo número de telefone +55 61 98260-0610.