Jerusalém registra mais de 100 feridos em confrontos com a polícia

Segundo, autoridades de Israel, ocorreram mais de 50 prisões durante protestos contra a medida de impedimento de reuniões no Ramadã

Produzido por Zeinab Bazzi*, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Os palestinos foram às ruas de Israel na noite deste sábado (23) em protesto contra a medida adotada por Israel de impedir reuniões durante o Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos. O grupo atirou pedras contra a polícia e ateou fogo em barricadas, o que foi respondido pelos oficiais com jatos d’água. 

De acordo com médicos palestinos, mais de 100 pessoas ficaram feridas. Além disso, segundo as autoridades de Israel, ocorreram mais de 50 prisões. 

A presença de ultranacionalistas israelenses em Jerusalém desde a última quinta-feira (22) agravou a situação. Dizendo palavras de ódio – como “morte aos árabes” – o grupo também entrou em confronto com policiais. 

Jerusalém é palco de confrontos entre palestinos e a polícia
Jerusalém é palco de confrontos entre palestinos e a polícia (24.abr.2021)
Foto: Reprodução / CNN

*Sob supervisão de Stela Jordy

Mais Recentes da CNN