Johnson terá que descartar pelo menos 60 milhões de doses de vacinas nos EUA

Diferentemente das demais vacinas disponíveis no mercado, a da Janssen necessita de apenas uma dose aplicada

Heloisa Villela, da CNN, em Nova York

Ouvir notícia

A US Food and Drug Administration (FDA) – agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos – disse nesta sexta-feira (11) que a Johnson & Johnson terá que descartar um grande lote da vacina da Janssen. Segundo o jornal The New York Times, o carregamento é de 60 milhões de doses, que podem estar contaminadas. 

A remessa foi produzida em uma fábrica na cidade de Baltimore que também produzia imunizantes da AstraZeneca. Em março, as autoridades sanitárias notaram que haviam ingredientes misturados nas vacinas

Após o problema ser constatado na fábrica, 100 milhões de doses da Janssen e 70 milhões da AstraZeneca passaram a ser avaliadas desde então. Desse total, por ora, o FDA liberou apenas 10 milhões de unidades com alerta de uso.

Diferentemente das demais vacinas disponíveis no mercado, a da Janssen necessita de apenas uma dose. Com o total descartado 60 milhões de pessoas poderiam ser imunizadas contra a Covid-19.

Vacina Johnson & Johnson/Janssen
Vacina Johnson & Johnson/Janssen
Foto: Saulo Angelo/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais Recentes da CNN