Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Jordânia, Iraque e Líbano reabrem espaço aéreo após ataque iraniano contra Israel

    Autoridade de aviação do Iraque disse que os riscos de segurança já foram superados

    Avião decola do aeroporto de Beirute, em foto tirada em Baabda, no Líbano
    Avião decola do aeroporto de Beirute, em foto tirada em Baabda, no Líbano 11/07/2023REUTERS/Emilie Madi

    Reuters

    A Jordânia, o Iraque e o Líbano reabriram o seu espaço aéreo neste domingo (14), depois de o fecharem na noite de sábado (13), quando o Irã lançou ataques de drones e mísseis contra Israel, disseram os três países neste domingo.

    A TV estatal da Jordânia disse que o país retomou as operações de tráfego aéreo, citando autoridades da aviação. A abertura do seu espaço aéreo ocorreu mais de três horas antes do previsto.

    A autoridade de aviação do Iraque disse que os riscos de segurança já foram superados.

    O Líbano disse que seu aeroporto retomará suas atividades após o fechamento noturno, informou a TV estatal.

    O Irã lançou drones explosivos e disparou mísseis contra Israel na noite de sábado – o seu primeiro ataque direto ao território israelita num ataque de retaliação que aumenta a ameaça de um conflito regional mais amplo.

    A Jordânia, que fica entre o Irão e Israel, preparou defesas aéreas para interceptar quaisquer drones ou mísseis que violassem o seu território, disseram duas fontes de segurança regional.

    Aviões de guerra dos EUA e da Grã-Bretanha estiveram envolvidos no abate de alguns drones com destino a Israel sobre a área da fronteira Iraque-Síria, informou o Canal 12 de Israel.

    Veja imagens dos ataques: