Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kate Middleton faz primeira aparição pública após diagnóstico de câncer

    Princesa de Gales do Reino Unido se dirigiu ao Palácio de Buckingham em sua primeira aparição pública desde janeiro

    Da CNN Londres

    Kate Middleton, a princesa de Gales do Reino Unido, chegou ao Palácio de Buckingham em sua primeira aparição pública, neste sábado (15), desde que uma cirurgia há cinco meses revelou a presença de um câncer.

    A princesa se juntou a outros membros da família real britânica na varanda do palácio em Londres para o aniversário oficial do rei Charles III.

    Imagens da emissora mostram Kate chegando em um carro com seu marido, o príncipe William, e seus três filhos para participar do “Trooping the Colour”, um desfile militar anual realizado no centro da capital da Inglaterra e do Reino Unido para marcar o aniversário oficial do monarca britânico.

    A princesa de Gales, seu marido William, seus filhos George, Charlotte e Louis se reuniram na varanda com o rei Charles e a rainha Camilla para assistir a uma passagem aérea da Força Aérea Real. Eles acenaram e sorriram para a multidão, que os saudou com aplausos.

     

    A princesa, também conhecida como Kate, foi conduzida em uma carruagem oficial com seus filhos do Palácio de Buckingham ao local chamado Horse Guards Parade para assistir à celebração, conhecida como Trooping the Colour.

    Kate podia ser vista usando um broche do regimento da Guarda Irlandesa, um gesto ao seu papel como coronel honorário da Guarda Irlandesa.

    Mais tarde, a família foi vista assistindo aos acontecimentos de uma varanda, enquanto William, o Príncipe de Gales, cavalgava.

    Esta foi a primeira aparição pública da princesa desde o Natal – semanas antes que foi diagnosticada com câncer.

    A aparência de Kate foi um grande tema de discussão entre os espectadores enquanto conversavam e esquentavam as mãos em frascos de chá. “Estamos muito entusiasmados”, disse Reine Geldenhuys, 41, à CNN.

    “Esperamos subir até a varanda e ver seu lindo rosto novamente… Estávamos sentindo falta de vê-la em público, então estamos aqui principalmente para ajudá-la”, acrescentou a britânica.

    Veja cobertura da CNN da aparição pública de Kate:

    O rei Charles  III e a rainha Camilla também foram levados em uma carruagem do Palácio de Buckingham, trazendo aplausos da multidão lotada enquanto subiam lentamente a avenida The Mall.

    O rei participou do evento uma carruagem e não a cavalo este ano devido ao seu próprio diagnóstico de câncer.

    Pessoas de todas as idades se reuniram ao longo da avenida que leva ao Palácio de Buckingham, para o evento.

    Alguns espectadores usam chapéus com a bandeira do Reino Unido, enquanto outros agitam bandeiras.

    Kate atualizou sua saúde na sexta-feira (14), dizendo que fez “bons progressos” em sua recuperação. Mas a princesa disse que esperava que seu tratamento durasse mais alguns meses e “ainda não estava fora de perigo”.

    Kate Middleton / Reprodução

    Trooping the Color é um espetáculo militar que conta 1.400 oficiais e soldados, juntamente com 400 músicos e 200 cavalos, percorrendo as ruas de Londres, do Palácio de Buckingham ao Horse Guard’s Parade, enquanto multidões concentram ao longo do percurso.

    O evento – um dos destaques do calendário real – é uma tradição que marca o aniversário oficial do soberano britânico há mais de 260 anos.

    No entanto, o aniversário real de Charles é em novembro.

    Os reis e rainhas da Grã-Bretanha duplicaram as suas festividades desde o século XVIII, realizando uma celebração pública – o aniversário oficial – e um evento mais privado na data real.

    Acredita-se que a tradição tenha começado com o rei George II, entusiasta por festas, em 1748. Assim como Charles III, George nasceu em novembro, quando o clima britânico costuma estar longe do ideal.

    O tempo piorou à medida que os eventos se aproximavam do fim. Multidões que esperavam a volta do rei ao palácio foram atingidas por fortes chuvas e rajadas de vento. Alguns espectadores lutaram para manter os guarda-chuvas no lugar.

    Os procedimentos deste ano foram adaptados enquanto Charles, de 75 anos, continua seu tratamento para uma forma não especificada de câncer.

    Os médicos foram encorajados pelo seu progresso, permitindo o monarca retomar as funções públicas em abril.

    Três dos cavalos do Exército Britânico que escaparam por Londres em abril voltaram ao serviço e participaram do desfile de aniversário deste fim de semana.

    Os dois cavalos restantes “estão aproveitando as férias de verão em Chilterns” e retornarão ao serviço no devido tempo, segundo o exército.

    (Com informação da Reuters e CNN Internacional)